Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa ficam com ganhos na estreia da temporada de resultados

Data de criação:

access_time 14/04/2021 - 14:01

Data de atualização:

access_time 14/04/2021 - 14:01
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de ações europeias fecharam com ganhos nesta quarta-feira (14/04), com as atenções para as declarações de empresas farmacêuticas sobre suas vacinas contra a Covid-19. Além disso, a temporada de lucros e os resultados da Produção Industrial da Europa também ficaram no radar.

Índices: o índice Stoxx Europe 600 fechou em alta de 0,19% aos 436.57 em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em alta de 0,71% aos 6.939; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em queda de 0,17% aos 15.209; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 0,40% aos 6.208; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 0,10% aos 24.574; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta de 0,74% aos 8.588; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 0,66% a 5.029.

O índice Stoxx Europe ficou com ganho moderado pelas ações de tecnologia e balanços financeiros. As ações da SAP subiram com os resultados preliminares do 1T21 superando as previsões.

Os investidores têm absorvido alguma decepção com as vacinas, isso depois que as autoridades de saúde dos Estados Unidos aconselharam a suspensão temporária da Jansen, da Johnson & Johnson, por implicar na formação de coágulos no sangue de seis mulheres. Os casos, segundo as autoridades de saúde, eram semelhantes os casos registrados no mês passado na Europa, quando as pessoas foram imunizadas com a vacina da AstraZeneca- Oxford. A J&J está interrompendo seu lançamento na Europa.

Por fim, os investidores ficaram atentos ao início da temporada de lucros nos Estados Unidos, com o banco JP Morgan já apresentando os resultados.

Do lado corporativo, entre as ações com ganhos ficaram as da Louis Vuitton, alta de 2,6%, depois que as vendas do 1T21 superaram o consenso. O período já marca a integração da joalheria americana Tiffany. O segmento de relógios e joias da LVMH teve um crescimento orgânico com a receita em alta de 35%, enquanto a moda principal, incluindo as marcas Louis Vuitton e Dior, registrou um crescimento de 52%.

Entre as ações com ganhos na bolsa de Frankfurt ficaram as da Siemens Energy, alta de 2,41%, as do Deutsche Bank, alta de 1,32%, as da SAP, alta de 1,11%, as da Volkswagen, alta de 0,71%, e as da Infineon Technologies, alta de 0,64%. Na contramão ficaram as ações da E.ON, queda de 1,56%, as da Fresenius, queda de 1,37%, e as da Adidas, queda de 1,02%.

*Tradução ID de agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?