Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa ficam no vermelho com ações de tecnologia

Data de criação:

access_time 04/05/2021 - 15:28

Data de atualização:

access_time 04/05/2021 - 15:28
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de valores da Europa escorregaram nesta terça-feira (04/05), com as ações do setor de tecnologia. Para os analistas, o dia foi de realização com os balanços financeiros das gigantes do setor registrando os melhores lucros da história.

Índices: o índice Stoxx Europe 600 fechou em queda de 1,43% aos 433.65 em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em queda de 0,67% aos 6.923; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em queda de 2,49% aos 14.856; o CAC 40 (Paris) ficou em queda de 0,89% aos 6.251; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 1,81% aos 23.977; o Ibex 35 (Madri) ficou em queda de 0,71% aos 8.830; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em queda de 1,67% a 5.045.

O índice pan-europeu caiu com as ações de tecnologia perdendo 3,8%. A percepção é de de que a recuperação econômica está em curso, já que o ritmo de vacinação contra a Covid-19 segue acelerado.

As ações das companhias aéreas também reagiram, depois da informação de que a União Europeia estuda receber turistas estrangeiros. As ações da proprietária da British Airways subiram 0,42% e as da EasyJet subiram 0,34%.

Ainda hoje, as ações das montadoras europeias devolveram. Na bolsa de Milão, as ações da Ferrari caíram 8,02% e as da Pirelli perderam 2,7%.

Já as ações das mineradoras dispararam e as expectativas para os resultados dos estoques de petróleo e gás puxaram também as gigantes do setor.

Entre as ações com ganhos no FTSE100 ficaram as da Fresnillo, alta de 3,88%, as da BP, alta de 2,36%, as do BT Group, alta de 1,82%, as da British American, alta de 1,23%, as da Royal Dutch Shell, alta de 1,22%, e as da British Land, alta de 1,04%. Na contramão ficaram as ações da Ocado Group, queda de 4,43%, as da Intermediate Capital, queda de 5,03%, as da Pearson, queda de 4,41%, e as da Taylor Wimpey, queda de 3,31%.

*Tradução ID  com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?