Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa ficam no vermelho com fala do Fed

Data de criação:

access_time 05/03/2021 - 16:09

Data de atualização:

access_time 05/03/2021 - 16:09
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os mercados acionários da Europa encerraram no vermelho nesta sexta-feira (05/03). As atenções estavam voltadas para os Estados Unidos, com as expectativas para os dados dos Payroll e que ficaram acima das projeções. Além disso, os indicadores econômicos da Alemanha também estavam entre os destaques.

Ao final, o índice Stoxx Europe 600 fechou em queda de 0,78% aos 408.68 pontos em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em queda de 0,31% aos 6.630 pontos; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em queda de 0,97% aos 13.920 pontos; o CAC 40 (Paris) ficou em queda de 0,82% aos 5.782 pontos; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 0,55% aos 22.965 pontos; o Ibex 35 (Madri) ficou em queda 0,80% aos 8.286 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 0,50% a 4.671 pontos.

O índice pan-europeu fechou a semana com valorização de 0,9%, mas sustentou a queda na sessão de hoje.

Como ocorreu nos demais mercados, a fala do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, também pesou na Europa. Powell reiterou a atual política aplicada pelo banco central, mas considerou que a puxada nos rendimentos dos títulos americanos não  justifica uma possível intervenção.

Nas sessões de hoje, as ações das empresas de tecnologia foram as mais vendidas e os rendimentos dos títulos europeus subiram.

Entre as ações com ganhos na bolsa de Frankfurt ficaram as da Volkswagen, alta de 2,31% as da Fresenius, alta de 0,17%, e as da E.ON, alta de 0,67%. Na contramão ficaram as ações da Infineon Technologies, queda de 1,60%, as da Adidas, queda de 2,76%, as do Deutsche Post, queda de 2,21%.

Entre as ações com ganhos na bolsa de Londres ficaram as da BP, alta de 1,89%, as da Barclays, alta de 2,95%, as da BT Group, alta de 4,93%, e as da Tesco, alta de 2,14%.

Os papéis das petroleiras subiram com a decisão da OPEP + aliados em manter a produção de petróleo em 1 milhão de barris por dia até abril.

Na Alemanha, de acordo com os resultados provisórios do Serviço de Estatística Federal (Destatis), as novas encomendas reais (ajustadas ao preço) aumentaram 1,4% sazonalmente e corrigidas pelo calendário em janeiro de 2021 em comparação com dezembro de 2020. Em comparação com janeiro de 2020, o aumento nas novas encomendas ajustadas pelo calendário foi para + 2,5%. Excluindo as grandes encomendas, as novas encomendas reais na indústria (com ajuste sazonal e de calendário) foram 2,8% maiores do que no mês anterior.

Veja mais informações aqui

*Por Ivonéte Dainese com agências internacionais e relatórios

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?