Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa operam no vermelho esperando pelo BCE

Data de criação:

access_time 23/01/2020 - 10:22

Data de atualização:

access_time 23/01/2020 - 10:22
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de valores da Europa operam no vermelho nesta quinta-feira. O que se vê é o aumento das preocupações com o avanço do coronavírus. A China disse que está mantendo a vigilância com o “locked down” da cidade de Wuhan, que conta com 10 milhões de pessoas. O governo chinês também suspendeu todas as comemorações do Ano Novo Lunar, que começa no sábado (25).

Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 seguia em queda de 0,39% aos 421.37 em Londres; o FTSE-100 (Londres) seguia em queda de 0,38% aos 7.543; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em queda de 0,46% a 13.454; o CAC 40 (Paris) seguia em queda de 0,10% a 6.004; o FTSE-MIB (Milão) seguia em alta de 0,47% aos 23.816; o Ibex 35 (Madri) seguia em queda de 0,08% a 9.566; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em queda de 0,17% a 5.254.

Enquanto isso, os investidores europeus também estão mantendo a cautela com o fim da reunião de política monetária do Banco Central Europeu. Embora não seja esperada nenhuma mudança na política, os investidores devem prestar atenção na revisão estratégica e em quaisquer sugestões deixadas pela presidente, Christine Lagarde, sobre futuras políticas.

As preocupações comerciais também voltaram à tona, depois dos comentários feitos pelo presidente Donald Trump em Davos, durante a apresentação no Fórum Econômico Mundial. Trump disse que pretende elevar tarifas comerciais para os países do bloco.

Apenas um indicador está previsto na agenda europeia.

Tradução ID de agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?