Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa recuperam as perdas

Data de criação:

access_time 17/03/2020 - 14:51

Data de atualização:

access_time 17/03/2020 - 14:51
format_align_left 4 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de valores da Europa voltaram para o campo positivo nesta terça-feira. O que se viu foi o investidor tentando reparar as perdas das últimas semanas e atentos aos fechamentos dos mercados acionários asiáticos. Enquanto isso, as autoridades europeias seguem correndo contra o tempo para combater a pandemia de coronavírus.

Ao final, o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 2,22% aos 290.96 em Londres e já registra queda de 30% no mês; o FTSE-100 (Londres) ficou em alta de 2,56% aos 5.283; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em alta de 2,25% a 8.939; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 2,84% a 3.991; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 2,23% aos 15.314; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta de 6,41% a 6.498; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 4,49% a 3.834.

Em toda a Europa, os governantes estão adotando medidas emergenciais no combate ao coronavírus. Itália e Espanha estão fechadas, bem como demais países da Zona do Euro.

Seguindo o exemplo da chanceler alemã Angela Merkel, o presidente da França Emmanuel Macron disse hoje que as pessoas poderão deixar o local em que vivem apenas para as atividades necessárias. Todas as contas de eletricidade, gás e aluguel serão suspensas como parte de um pacote estimado em € 300 bilhões, entre outras medidas.

O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, disse ontem que até o final do mês prevê que cerca de 15 mil pessoas testem positivo para COVID-19. Ele destaca que o número atual de casos aumente em 30% todos os dias. “Se é um problema no próximo ano ou não, não posso dizer”, acrescentou.

Hoje pela manhã foram confirmadas duas mortes relacionadas ao coronavírus na Irlanda, disseram autoridades locais de saúde. Na Irlanda do Norte, são 11 mortes por COVID-19 e 54 casos confirmados.

Em Frankfurt, entre as ações com ganhos estavam as da Daimler AG, alta e 6,24%, as da Linde, alta de 5,89%; as da Bayer, alta de 5,08%, as do Deutsche Bank, alta de 4,91%; e as da Vonovia, alta de 4,40%. Na contramão ficaram as ações da Fresenius, queda de 5,89%; as da Wirecard, queda de 4,43%; e as da Deutsche Boerse, queda de 2,19%.

Em Paris, entre as ações com ganhos ficaram as do Carrefour, alta de 11,58%; as da Orange, alta de 11,25%; as da Renault, alta de 9,90%; e as da Danone, alta de 7,71%. Na contramão ficaram as ações da Airbus, queda de 8,64%; as da Sodexo, queda de 7,79%; as da Safran, queda de 7,57%; e as da Capgemini, queda de 6,99%.

No Reino Unido, a taxa de emprego nos três meses até janeiro de 2020 foi estimada em um recorde conjunto de 76,5%, 0,4 ponto percentual maior que no ano anterior e 0,3 p.p acima do trimestre anterior. A taxa de desemprego no Reino Unido nos três meses até janeiro de 2020 foi estimada em 3,9%, praticamente inalterada em comparação com o ano anterior e 0,2 ponto percentual acima do trimestre anterior. O crescimento anual estimado do salário semanal médio dos funcionários na Grã-Bretanha nos três meses a janeiro de 2020 foi de 3,1%, tanto para o pagamento total (incluindo bônus) quanto para o salário regular (excluindo bônus). Os dados são do Governo Britânico.

Na Alemanha, em março, o indicador ZEW de sentimento econômico caiu 58,2 pontos, para menos 49,5 pontos, a maior queda desde que a pesquisa foi iniciada em dezembro de 1991. A avaliação da situação econômica na Alemanha também piorou significativamente em comparação com o mês anterior, com o indicador correspondente atualmente em menos de 43,1 pontos, 27,4 pontos menor que em fevereiro. Essa combinação de valores fortemente negativos para os indicadores do sentimento econômico e da avaliação da situação atual foi testemunhada apenas uma vez – durante a crise financeira no outono de 2008.

Tradução ID de agências e relatórios internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?