Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa recuperam os ganhos com tecnologia

Data de criação:

access_time 20/05/2021 - 15:12

Data de atualização:

access_time 20/05/2021 - 15:12
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas de ações da Europa voltaram para campo positivo nesta quinta-feira (20/05), com os investidores digerindo a ata do Federal Reserve, que foi apresentada ontem nos Estados Unidos. Os destaques nos mercados ficaram com as empresas fabricantes de chips.

Índices: o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 1,27% aos 441.90 em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em alta de 1,00% aos 7.019; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em alta de 1,70% aos 15.370; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 1,29% aos 6.343; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 0,88% aos 24.702; o Ibex 35 (Madri) ficou em alta de 0,59% aos 9.124; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em alta de 1,15% a 5.280.

O índice pan-europeu voltou para campo positivo, com o fantasma da inflação ficando de lado com a ata do Federal Reserve. As ações das empresas de tecnologia voltaram para o apetite dos investidores globais.

Sobre os indicadores, o índice total de preços ao produtor industrial da Alemanha subiu 5,2% em relação a abril de 2020. Conforme divulgado pelo Instituto Federal de Estatística, esta foi a maior alta em relação ao mesmo mês do ano anterior desde agosto de 2011 (+ 5,2%), quando os preços subiram fortemente depois do fim da crise financeira (2008/2010).

Entre as ações com ganhos na bolsa de Frankfurt ficaram as da Daimler, alta de 3,70%, as da Delivery Hero, alta de 3,43%, as da Siemens Energy, alta de 3,15%,  as da Merck, alta de 2,59%, as do Deutsche Telekom, alta de 2,51%, as da Infineon Technologies, alta 3,40%, e as do Deutsche Bank, alta de 1,12%.

Na bolsa de Londres, as ações das empresas produtoras de commodities recuaram, depois que o governo da China anunciou vigilância e correção nos preços, com destaque para o minério de ferro.

Entre as ações com perdas ficaram as da Antofagasta, queda de 2,31%, Fresnillo, queda de 1,28%, Glencore, queda de 0,67%, Rio Tinto, queda de 0,18% e a BHP Gorup, queda de 0,58%.

*Tradução ID com relatórios

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?