Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas da Europa sustentaram os ganhos com commodities

Data de criação:

access_time 15/04/2021 - 15:32

Data de atualização:

access_time 15/04/2021 - 15:32
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas da Europa renovaram os ganhos nesta quinta-feira (15/04). Pesaram os preços das commodities, que elevaram as ações de mineração, os resultados financeiros mais positivos e os indicadores econômicos. Entretanto, o foco central permanece no ritmo de vacinação e controle dos casos de Covid-19.

Índices: o índice Stoxx Europe 600 fechou em alta de 0,45% aos 438.55 em Londres; o FTSE-100 (Londres) ficou em alta de 0,63% aos 6.983; o DAX 30 (Frankfurt) ficou em alta de 0,30% aos 15.255; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 0,41% aos 6.234; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 0,19% aos 24.528; o Ibex 35 (Madri) ficou em queda de 0,20% aos 8.571; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em queda de 0,83% a 4.987.

O índice pan-europeu STOXX 600 subiu com as ações das mineradoras. Na mesma linha ficou o índice FTSE 100, que subiu para o nível mais alto desde fevereiro de 2020. Os preços dos metais elevaram as ações de empresas como Rio Tinto, Anglo American e BHP.

Sobre a pandemia de coronavírus, os contágios na Espanha subiram com mais de 200 pessoas infectadas em cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, segundo o Ministério da Saúde. O total de casos registrados desde março do ano passado chegou a 76.756.

Entre as ações com ganhos na bolsa de Londres estavam as da Fresnillo, +2,97%, as da Antofagasta, +3,36%, e as da GlaxoSmith, +4,72%. Na contramão ficaram as ações da Compass Group, -1,84%, as da BP, -1,57%, e as do HSBC Holding, -1,81%.

*Tradução ID de agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?