Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Bolsas Europeias ficam sem direção esperando por bancos centrais

Data de criação:

access_time 09/06/2021 - 14:31

Data de atualização:

access_time 09/06/2021 - 14:31
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas da Europa ficaram sem direção nesta quarta-feira (09/06). Os investidores decidiram não arriscar esperando pelas reuniões do Banco Central Europeu e Federal Reserve. Além disso, os números da inflação dos Estados Unidos também são bem aguardados.

Índices: o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 0,09% aos 454.44 em Londres; o índice FTSE100, bolsa de Londres, ficou em queda de 0,20% aos 7.081; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 0,19% aos 6.563; o índice DAX-30, bolsa de Frankfurt, ficou em queda de 0,38% aos 15.581; o FTSE-MIB (Milão) ficou em queda de 0,26% aos 25.741; o Ibex 35 (Madri) ficou estável aos 9.156; e o PSI-20 (Lisboa) ficou estável aos 5.113.

O índice pan-europeu Stoxx 600 sustentou o ganho marginal, com as ações das companhias ligadas ao setor aéreo. As expectativas para as reaberturas econômicas de vários países da região também contribuíram.

Na bolsa de Paris, as ações da Air France KLM, a Lufthansa e a IAG, proprietária da British Airways, subiram mais de 3% cada uma depois que os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos disseram que estavam facilitando as recomendações de viagens em 110 países e territórios, escreveu a Reuters.

As preocupações com o aumento da inflação seguiram martelando a cabeça do investidor. Hoje, os preços de fábrica da China subiram em seu ritmo anual mais rápido em mais de 12 anos em maio. Os ganhos ocorreram com os preços elevados das commodities.

No Reino Unido, as gigantes de mineração recuaram. As ações da Rio Tinto, Anglo American e BHP Group caíram mais de 2% cada. O setor segue cauteloso com as determinações do órgão regulador da China, que anunciou monitoramento e controle mais severo nos preços das commodities.

Por fim, no radar estão os preços ao consumidor dos Estados Unidos, que serão apresentados amanhã. O resultado poderá influenciar as expectativas do mercado antes da reunião do Federal Reserve na próxima semana. O BCE também é esperado.

Entre as ações com ganhos na bolsa de Frankfurt ficaram as da Merck, alta de 2,83%, as da Fresenius, alta de 0,96%, as da MTU Aero, alta de 0,91%, as da Bayer, alta de 0,51%, e as da Linde, alta de 0,29%. Na contramão ficaram as ações da Covestro, queda de 3,29%, as do Deutsche Bank, queda de 1,51%, as da BASF, queda de 1,17%, e as da Volkswagen, queda de 1,09%.

*Tradução ID de relatórios e agências

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?