Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Casado de Dólar com negociação eletrônica já está disponível na B3

Data de criação:

access_time 23/04/2021 - 10:31

Data de atualização:

access_time 23/04/2021 - 10:31
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A B3 já vai disponibilizar, a partir desta sexta-feira (23/04), a negociação do Casado de Dólar em tela. O produto atende a uma demanda do mercado, integrando as operações de dólar futuro e dólar spot, que eram realizadas apenas no ambiente de balcão. Com isso, a negociação poderá ser também em ambiente eletrônico e de forma automatizada.

A proposta do Casado de Dólar em tela, segundo Marcos Skistymas, superintendente de produtos de juros, moedas e equities da B3, é a de oferecer mais uma alternativa de negociação, e trazer maior eficiência operacional ao mercado de câmbio. “O Casado de Dólar irá oferecer um incentivo tarifário para quem optar por ele, visando aumentar os volumes de negociação do produto. Cabe destacar que a operação de balcão também continua na prateleira para os nossos clientes”, explica.

Além de custos menores, o Casado de Dólar também trará maior eficiência operacional uma vez que, com um único instrumento de negociação, o CSD2, automaticamente serão geradas as operações de Futuro de Dólar e Dólar Spot. A negociação em tela traz também como benefício uma maior transparência na formação de preços do Casado e por consequência do dólar à vista no mercado secundário de câmbio.

“Desenvolvemos o produto em conjunto com as instituições que participam do mercado secundário de câmbio. Essa iniciativa faz parte do objetivo da B3 de ouvir as demandas dos nossos clientes e entregar soluções cada vez mais completas e que atendam às necessidades do mercado”, completa Skistymas.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?