Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Dow Jones e S&P disparam na semana e batem recordes na sessão

Data de criação:

access_time 07/05/2021 - 19:57

Data de atualização:

access_time 07/05/2021 - 19:57
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de Wall Street fecharam as negociações desta sexta-feira (07/05) em recordes. O apetite para o risco foi embalado pela reta final de temporada de resultados financeiros, apesar dos dados frustrantes do Payroll.

Índices: o Dow Jones ficou em alta de 0,66% aos 34.777. O S&P ficou em alta de 0,74% aos 4.232. O Nasdaq subiu 0,88% aos 13.752. Na semana, o Dow Jones subiu 2,7%; o S&P 500 subiu 1,2%; e o Nasdaq caiu 1,5%.

Os avanços nos índices Dow Jones e S&P para novos recordes ocorreram mesmo com os números do Payroll muito abaixo do estimado. A leitura dos analistas é de que a economia americana pode não estar em recuperação sólida como se previa.

A folha de pagamento não agrícola subiu para 266 mil em abril, informou o Departamento do Trabalho. Os economistas esperavam um ganho de um milhão e a taxa de desemprego subiu para 6,1% de 6% em março. Por um lado, salários mais altos e semanas de trabalho mais longas indicaram que os empregadores podem estar lutando para encontrar trabalhadores qualificados.

Nos mercados de títulos, os investidores empurraram as previsões de aumento da taxa de juros do Federal Reserve para meados de 2023 com os números do emprego, isso depois de sinais de algum movimento por parte do banco central nas declarações da secretária do Tesouro, Janet Yellen, no começo da semana. O presidente do Fed, Jerome Powell, tratou de esclarecer que não mexe na atual política monetária.

O rendimento do título do Tesouro de 10 anos subiu para 1,58% no dia, depois de uma queda de 1,5% pela primeira vez desde março. O recuo veio depois da divulgação dos dados do emprego.

Entre as ações com ganhos no Dow Jones ficaram as da Nike, alta de 3,24%, as da Boeing, alta de 2,46%, as da Cisco Systems, alta de 1,89%, as da Walt Disney, alta de 1,68%; e as do Goldman Sachs, alta de 1,34%. Na contramão ficaram as ações da Verizon, queda de 0,96%, as da IBM, queda de 0,90%, e as do Walmart, queda de 0,60%.

*Tradução de agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?