Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Guide Investimentos aponta Riachuelo e Pão de Açúcar

Data de criação:

access_time 22/05/2020 - 13:48

Data de atualização:

access_time 22/05/2020 - 13:48
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Entre os destaques de empresas da Guide Investimentos para esta sexta-feira estão Riachuelo (Guararapes) e Pão de Açúcar. Setor de proteínas também está no radar.

Guararapes – Riachuelo

No dia 20 de março a Riachuelo tomou a decisão de fechar todas as suas lojas e assim colaborar com o isolamento social. As fábricas da Guararapes, que vinham produzindo coleção de inverno, foram paralisadas na semana do dia 16 de março e assim continuam até a data de hoje. Nesta mesma semana, a companhia também solicitou a paralisação da produção de pedidos em fornecedores parceiros.

A Companhia acessou suas linhas de crédito junto aos bancos para reforçar ainda mais sua posição de caixa. Desta forma, R$200 milhões foram captados ainda no 1T20 e outros R$ 800 milhões em abril, totalizando R$1 bilhão de reais em captações adicionais.

Durante a pandemia, disponibilizaram o “Click and Collect” para todas as lojas, atendimento via WhatsApp também em todas, o serviço de drive thru está em 156 lojas e o “Ship from Sore” já está concluído e será implementado a partir de junho.

“O impacto é marginalmente negativo. A companhia encerrou o trimestre com prejuízo líquido de R$42 milhões. Sua operação começou a sofrer maiores alterações a partir do dia 16 de março, quando suas fábricas foram paralisadas. Ainda assim, a Riachuelo antecipou uma série de medidas digitais que seriam implementadas nos próximos períodos, o que contribui para o seu desempenho dentro do e-commerce.

Setor de Frigoríficos

O Ministério de Agricultura chinês afirmou em encontro com autoridades dos setores produtivo e financeiro local, que pretende retomar a capacidade de produção local de suínos até o final de 2020.

Yu Kangzhen, vice-ministro de Agricultura e Assuntos Rurais do país, afirmou que a tarefa ainda é árdua, mas que a atual produção de suínos tem dado sinais de recuperação contínua. O rebanho de suínos da região foi bastante reduzido pela peste suína africana (ASF) e vinha sendo driver para preço e volumes para os frigoríficos de outras regiões.

“O impacto é negativo. A antecipação da reconstituição do rebanho suíno na Ásia poderá ter severos impactos nos frigoríficos brasileiros, que seguiam vendo na região grandes oportunidades para manter as exportações em altos níveis de volume e preço.

Pão de Açúcar

A rede de mercados Compra Bem, que é bandeira do Grupo Pão de Açúcar e atua em cidades do interior de São Paulo, agora está realizando vendas online. A fase de testes já começou há duas semanas nas cidades de Guaratinguetá, Taubaté e Caçapava, e ontem começou em Sorocaba. O objetivo é que o canal digital possua capacidade para atender as 21 cidades onde o Compre Bem atua, e mais as cidades vizinhas. A rede possui no total 28 lojas e teve no 1T20 um aumento de 42% de suas vendas.

A ideia de desenvolver um ambiente digital para a Compre Bem estava prevista para 2021, mas com a crise ela foi adiantada e a plataforma ficou pronta em 60 dias. Não foram abertos os valores que o Compre Bem está investindo em sua operação digital. Os recursos fazem parte do plano de investimento total do GPA, que gira em torno de R$ 1,6 bilhão a R$ 1,8 bilhão em 2020.

“O impacto é positivo. No momento atual, com cada vez menos pessoas saindo de casa para respeitar o isolamento social, a compra online passou a ser algo necessário a qualquer varejista. Além disso, com o projeto, a rede pode acabar ampliando sua área de atuação através do e-commerce.”

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?