Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa engata alta de 2,3% na carona externa e com notícias corporativas

Data de criação:

access_time 02/03/2020 - 19:14

Data de atualização:

access_time 02/03/2020 - 19:14
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de valores de São Paulo fechou em alta nesta segunda-feira. Os investidores tentaram reparar as perdas da semana passada. O bom humor de hoje, na carona com os índices de Wall Street, se deu com a confiança de que o Federal Reserve poderá cortar as taxas de juros dos Estados Unidos, atitude que outros bancos centrais também deverão seguir, caso o impacto pelo coronavírus coloque em risco a economia mais importante do mundo.

Hoje, as notícias corporativas também surtiram efeitos positivos no humor dos investidores. Entre os destaques ficaram o negócio entre a Hyepra e a Takeda e a troca das cadeiras no Conselho da IRB Brasil. A temporada de balanços financeiros também ficou no radar.

Nesta segunda-feira, a IRB Brasil divulgou comunicado confirmando a renúncia do presidente do Conselho de Administração, Ivan Monteiro, conforme ventilado na semana passada. De acordo com a companhia, a saída de Monteiro se deu por questões de saúde. No comando interino ficou Pedro Duarte Guimarães.

Na agenda econômica, o Boletim Focus desta segunda-feira mostrou a projeção de queda no PIB, a estimativa já era prevista pelos analistas desde o avanço do coronavírus no mundo. O índice PMI medido pela IHS/Markit também trouxe surpresas para a nossa economia.

Ainda nesta segunda-feira, os preços das commodities, como minério de ferro e o petróleo, também ganharam força e ajudaram nas ações das empresas ligadas aos setores.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 2,36% aos 106.625 pontos. O volume financeiro ficou em R$32,46 bilhões.

Operaram com ganhos
Hypera ON, alta de 16,62%; Sid. Nacional ON, alta de 10,47%; WEG ON, alta de 8,90%, WEG ON, alta de 8,90%; e Marfrig ON, alta de 6,88%.

Operaram com perdas
CVC Brasil ON, queda de 10,61%; P. Açúcar CDB-ON, queda de 10,09%; SulAmerica UNT, queda de 1,79%; IRBBrasil, RE ON, queda de 8,72%; e YDUQS Part. ON, queda de 3,41%.

Mais negociadas
Petrobras PN, alta de 4,70%; Vale ON, alta de 4,63%; ItauUnibanco PN, queda de 0,33%; ViaVarejo ON, alta de 3,84%; e Bradesco PN, alta de 1,34%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 06 de janeiro de 2020 a 30 de abril de 2020, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice: Itauunibanco PN (8,573%), Vale ON (8,189%), Bradesco PN (6,985%), Petrobras PN (6,617%), e B3 ON (4,312%).

Commodities

O petróleo referência Brent ficou em alta de 1,60% a US$52,73 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em alta de 6,12% aos US$47,50 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do ouro ficou em queda de 3,31% a US$1.587,70 a onça na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em alta de 5,92% aos US$88,93 a tonelada seca e com 62% de pureza.

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?