Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa escorrega 7,6% com pandemia de coronavírus

Data de criação:

access_time 11/03/2020 - 18:27

Data de atualização:

access_time 11/03/2020 - 18:27
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de valores de São Paulo, como nos demais mercados internacionais, fechou no vermelho nesta quarta-feira.  O circuit breaker foi acionado pela segunda vez na semana, com o investidor doméstico mantendo o foco na pandemia de coronavírus no mundo.

A mobilização é global por parte de governos, bancos centrais e pela Organização Mundial da Saúde – OMS em anunciar medidas emergenciais para coibir o avanço da COVID-19.

A disputa comercial entre a Rússia e a Arábia Saudita sobre o petróleo também puxou preços para baixo. Para piorar, os estoques de petróleo dos Estados Unidos subiram para perto de 8 milhões de barris por dia na semana passada.

Por fim, as notícias corporativas conseguiram sustentar alguns papéis no Ibovespa, como os da TIM Participações e Telefônica do Brasil que anunciaram apetite para compra da OI.

Ao final, o Ibovespa ficou em queda de 7,64% aos 85.171 pontos. O volume financeiro ficou em R$34,45 bilhões.

“ A reação dos mercados ao redor do mundo teve como consequência o coronvírus, com a OMS declarando pandemia. De outro lado, as questões do petróleo, sem acerto ainda com a Arábia Saudita e a Rússia, e com os estoques dos Estados Unidos bem acima do estimado. São dois pontos extremamente relevantes e que despertaram nos investidores a fuga do mercado acionário. Só resta esperar e manter a cautela”, ressaltou o analista de investimentos da Mirae Asste, Pedro Galdi.

Operam com ganhos
TIM Part. ON, alta de 8,14%; Telef. Brasil PN, alta de 3,29%; Taesa UNT, alta de 4,21%; Carrefour BR ON, alta de 2,47%.

Operam com perdas
RaiaDrogasil ON, queda de 1,09%; Azul PN, queda de 5,92%; BTGP Banco UNT, queda 2,48%; BR Malls Par. ON, queda de 6,71%; Sid. Nacional ON, queda de 2,41%; e GOL PN, queda de 10,18%.

Mais negociadas
Petrobras PN, alta de 0,31%; Vale ON, alta de 8,93%; Petrobras ON, queda de 1,06%; ItauUnibanco PN, queda de 5,86%; e B3 ON, alta de 2,59%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 06 de janeiro de 2020 a 30 de abril de 2020, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice: Itauunibanco PN (8,573%), Vale ON (8,189%), Bradesco PN (6,985%), Petrobras PN (6,617%), e B3 ON (4,312%).

Commodities

O petróleo referência Brent ficou estável aos US$35,79 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em queda de 3,61% aos US$33,12 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do ouro ficou em queda de 1,53% a US$1.634,90 a onça na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em queda de 2,22% a US$90,05 a tonelada seca e com 62% de pureza.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?