Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa flerta com os 111 mil pontos com atenção para o Fed e BCB

Data de criação:

access_time 11/12/2019 - 19:26

Data de atualização:

access_time 11/12/2019 - 20:26
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

O Ibovespa fechou em alta nesta quarta-feira, com os investidores analisando as definições do Federal Reserve para a economia americana e, ao mesmo tempo, aguardavam a decisão do Banco Central do Brasil sobre a taxa de juros.

Enquanto isso, as notícias corporativas também ficaram no radar, como a estreia da XP Investimentos na bolsa de Nova York e também as avaliações do desempenho da Petrobras pela direção da estatal.

A XP Investimentos fez a estreia na Nyse (XP), com as ações fechando com valorização de 27,63%. A XP vendeu 72,5 milhões de ações por US $ 27 cada, totalizando US $ 1,98 bilhão e uma avaliação inicial de US $ 13,75 bilhões. A XP tinha como alvo um preço de IPO entre US $ 22 a US $ 25 por ação, de acordo com um documento apresentado pela Securities and Exchange Commission.

Ao final, o Ibovespa ficou em alta de 0,26% aos 110.963 pontos. O volume financeiro ficou em R$19,34 bilhões.

“Os mercados operaram com atenção para os bancos centrais. A decisão do Fed era esperada e a do Copom não surpreendeu também. As commodities reagiram, com destaque para o minério de ferro. As ações setores de varejo e de construção ficaram valorizadas com os dados do setor indicando fortalecimento”, disse o operador da corretora Renascença, Luiz Roberto Monteiro.

Operaram com ganhos
Cogna ON, alta de 7,08%; YDUQS Part. ON, alta de 4,25%; WEG ON, alta de 3,44%; Cosan ON, alta 3,27%; e Ecorodovias ON, alta de 3,11%.

Operaram com ganhos
BRF ON, queda de 2,50%; RaiaDrogasil ON, queda de 2,31%; JBS ON, queda de 2,12%; Telef. Brasil ON, queda de 1,41%; e B3 ON, queda de 1,26%.

Mais negociadas
Itau Unibanco PN, queda de 1,17%; Petrobras PN, queda de 0,13%; Bradesco PN, queda de 0,58%; Vale ON, alta de 1,23%; e B3 ON, queda de 1,26%.

Carteira Teórica
Na Carteira Teórica do Índice Bovespa, que passou a vigorar de 02 de setembro de 2019 a 03 de janeiro de 2020, estão os cinco ativos que apresentaram o maior peso na composição do índice: Itauunibanco PN (9,194%), Vale ON (8,204%), Bradesco PN (7,300%), Petrobras PN (6,597%) e B3 ON (5,175%).

Commodities

O petróleo referência Brent ficou em queda de 1,75% a US$67,23 o barril negociado na bolsa de Futuros de Londres.

O petróleo WTI ficou em queda de 0,74% aos US$58,80 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em queda de 0,38% aos US$93,57 a tonelada seca e com 62% de pureza

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?