Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Ibovespa opera em queda de Wall Street escorrega novamente

Data de criação:

access_time 18/03/2020 - 10:37

Data de atualização:

access_time 18/03/2020 - 10:37
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de valores de São Paulo, que fechou em alta na sessão de ontem, voltou para campo negativo nesta quarta-feira. Mesmo com as medidas anunciadas pelo governo federal para amparar os grupos de risco e, principalmente, o avanço da COVID-19 no País, o primeiro óbito foi registrado em São Paulo.

Há pouco, o Ibovespa operava em  queda de 8,33% aos 68.404 pontos. O volume financeiro segue para os R$ 3 bilhões.

Sobre a desvalorização do real ante o dólar, a moeda opera em alta de 2,96% aos R$5,150 para a venda. Já o Banco Central do Brasil anunciou a venda em leilão à vista de US$1 bilhão para tentar conter o avanço da moeda.

Na bolsa de Nova York, os índices principais também abriram no vermelho. O Dow Jones abriu em queda de 6,06% aos 19,982 pontos. O S&P abriu em queda de 5,16% aos 2.398 pontos. O Nasdaq abriu em queda de 5,22% aos 6.961 pontos.

A proposta da Casa Branca pode chegar a US $ 1 trilhão em gastos para evitar a pressão do fechamento de empresas para conter o vírus. O Federal Reserve anunciou mais medidas para manter os mercados financeiros em operação.

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, disse que o presidente Donald Trump quer enviar cheques aos americanos nas próximas duas semanas para ajudar a apoiá-los, enquanto mais partes da economia se aproximam do fechamento. A proposta incluiria US $ 250 bilhões para pequenas empresas e US $ 50 bilhões para companhias aéreas.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?