Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ÍNDICES: Mercados acionários, moedas e agendas

Data de criação:

access_time 22/04/2020 - 11:33

Data de atualização:

access_time 22/04/2020 - 11:33
format_align_left 4 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários e das moedas para esta quarta-feira (22/04).

ÁSIA – Ao final, o índice Hang Seng da bolsa de Hong Kong ficou em alta de 0,42% a 23.893 e o índice Shenzhen Composite ficou em alta de 1,05% a 1.771. O índice Xangai ficou em alta de 0,60% a 2.843. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,07% a 2.550. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,74% aos 19.137. O índice Kospi, Seul, ficou em alta de 0,89% a 1.896. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 2,42% os 31.379. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,19% aos 10.307. O índice regional MSCI Asia Pacific fechou o dia com alta moderada de 0,20%. Os mercados de Sideney não operaram.

Os mercados asiáticos ficaram sem direção nesta quarta-feira. O que se viu foi o investidor atento para a maior crise no setor petrolífero de todos os tempos. A pandemia de coronavírus segue pisando em diversos setores econômicos.  Entre as medidas das autoridades da região para amparar as economias estava a Coreia do Sul, com o governo anunciando novo pacote fiscal para aliviar os efeitos negativos da epidemia sobre a economia. O estado de saúde do líder da Coreia do Norte Kim Jong-un, que passou por cirurgia no coração e segue grave, também ficou entre os destaques. Na agenda, apenas a Austrália apresentou as vendas no varejo.

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 seguia em alta de 1,51% aos 329.20 pontos em Londres; o FTSE-100 (Londres) seguia em alta de 2,19% aos 5.764 pontos; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em alta de 1,29% a 10.383 pontos; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 1,11% a 4.405 pontos; o FTSE-MIB (Milão) seguia em alta de 1,58% aos 16.713 pontos; o Ibex 35 (Madri) seguia em alta de 1,31% a 6.722 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em alta de 1,32% a 4.089 pontos.

As bolsas de ações da Europa estão operando em campo positivo nesta reta final dos negócios. Algumas economias estão sendo reabertas na Europa, mesmo com os casos de infectados crescendo no mundo. As expectativas estão em cima de resultados positivos de algumas farmacêuticas e os testes de vacinas e medicações para combater a COVID-19. O Reino Unido apresentou uma série de indicadores.

ESTADOS UNIDOS: O Dow Jones opera em alta 1,65% aos 23.410 pontos. O S&P opera em alta de 1,58% aos 2.779 pontos. O Nasdaq opera em alta de 1,87% aos 8.417 pontos.

A bolsa de Nova York opera em alta nesta quarta-feira, depois de recuar forte nesta terça-feira, com as expectativas de que o Congresso aprove um novo pacote de estímulo para aliviar os danos econômicos causados pela pandemia da COVID-19 no valor de US$500 bilhões. A agenda está praticamente vazia, com foco apenas nos Estoques de Petróleo.

BRASIL: O Ibovespa opera em alta de 1,35% aos 80.0201 pontos. O dólar comercial opera em alta de 1,52% aos R$5,390 para a venda.

Na volta do feriado de ontem, o Ibovespa segue avançando. Nas negociações da bolsa de Nova York ontem, os ADRs brasileiros sofreram quedas significativas em meio a forte aversão ao risco. Nesta quarta-feira, o dólar ganha força ante o real e os juros, na ponta curta, devem se ajustar a expectativa de cortes mais pronunciados na taxa Selic. O Banco Central do Brasil chamou leilão de compromissadas para 28 de abril. O BCB também realiza leilões de swap com 10 mil contratos e vencimentos para setembro de 2020 e janeiro de 2021. A agenda doméstica está vazia.

Commodities

O petróleo referência Brent opera em alta de 11,38% aos US$21,53 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI seguia em alta de 29,04% aos US$14,93 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do ouro segue em alta de 2,53% a US$1.730,50 a onça na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em alta de 0,79% a US$85,04 a tonelada seca e com 62% de pureza.

*Por Ivonete Dainese

 

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?