Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ÍNDICES: Mercados acionários, moedas e agendas neste momento

Data de criação:

access_time 13/07/2020 - 12:53

Data de atualização:

access_time 13/07/2020 - 12:53
format_align_left 5 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários e das moedas para esta segunda-feira (13/07).

ÁSIA – Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 0,17% aos 25.772. O índice Xangai, China, ficou em alta de 1,77% aos 3.443. O índice Shenzhen Composite ficou em alta de 3,48% a 2.329. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 2,22% aos 22.784. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,81% aos 2.631. O índice Kospi, Seul, ficou em alta de 1,67% a 2.186. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 0,27% os 36.693. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 1,14% aos 12.211. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,98% aos 5.977%.

Os mercados acionários da Ásia fecharam em campo positivo, com as projeções um pouco mais otimistas para a recuperação econômica global. A pandemia de coronavírus já dá sinais de queda, enquanto os investidores esperam pelo PIB da China. Além das reuniões de política do banco central no Japão e em outros lugares, a temporada de resultados financeiros das empresas já está entre os destaques. O relatório monetário trimestral do Banco Popular da China, que foi divulgado neste domingo, mostrou novas áreas de foco, porém, sem reafirmar os compromissos anteriores. No Japão, o terceiro índice de atividade industrial ficou em 87,9 em maio, queda de 2,1% em relação ao mês anterior e também para os quatro meses consecutivos.

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 subia 0,78% aos 369.69 pontos em Londres; o FTSE-100 (Londres) seguia em alta de 1,21% aos 6.168 pontos; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em alta de 0,94% a 12.752 pontos; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 1,24% a 5.031 pontos; o FTSE-MIB (Milão) seguia em alta de 0,77% aos 19.919 pontos; o Ibex 35 (Madri) seguia em alta de 1,07% a 7.400 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) seguia estável a 4.466 pontos.

As bolsas europeias estavam caminhando para o fechamento com ganhos nesta segunda-feira. Os investidores seguem atentos aos movimentos corporativos, com a chegada da temporada de resultados financeiros. Em dia de agenda esvaziada, as compras ocorrem com as expectativas para os indicadores da semana. O Destatis mostrou que os preços de venda no atacado na Alemanha caíram 3,3% em junho de 2020 em comparação com o mês correspondente do ano anterior. Entre maio e abril de 2020, as taxas anuais de variação foram de queda em 4,3% e queda de 3,5%, respectivamente. As moedas operam em queda.

ESTADOS UNIDOS – Há pouco, o Dow Jones estava em alta 1,55% aos 26.480 pontos; o S&P seguia em alta de 1,31% aos 3.226 pontos; e o Nasdaq estava em alta de 1,76% aos 10.804 pontos.

A bolsa de Nova York opera em alta nesta segunda-feira e ressaltam o bom desempenho desde o colapso de março com a pandemia da COVID-19. Os investidores estão apostando continuamente que o aumento de casos derivados da nova cepa de coronavírus não inviabilizará significativamente a recuperação econômica rápida e aguda ou em forma de V. Os investidores também se preparam para a temporada de balanços, que para a semana começam com os gigantes financeiros. O dia de agenda vazia também ajuda no desempenho de compras. O índice DXY opera em queda de 0,32%.

BRASIL: Ibovespa opera em alta de 0,56% aos 100.594 pontos. O dólar comercial opera em alta de 0,57% aos R$5,354 para a venda.

A bolsa de valores de São Paulo renova a alta nesta segunda-feira, com o índice principal sinalizando os 101 mil pontos. O clima mais tranquilo para esta sessão se dá com a agenda esvaziada, mas com os investidores já preparados psicologicamente para a temporada de resultados financeiros referente ao segundo trimestre, pico da pandemia de coronavírus no mundo. Já para a semana, além dos balanços, serão apresentados dados de peso da China, bem como reuniões de bancos centrais. Por fim, o cenário político segue no destaque, com o Congresso discutindo projetos de peso. O dólar comercial segue em alta.

Commodities

O petróleo referência Brent opera estável aos US$43,25 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI seguia em alta de 0,17% aos US$40,62 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do ouro segue em alta de 1,36% a US$1.808,00 a onça na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O preço do minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em alta de 3,87% a US$111,09 a tonelada seca.

*Por Ivonéte Dainese com relatórios de casas de análises e agências internacionais

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?