Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ÍNDICES: Movimentos das bolsas de ações e moedas

Data de criação:

access_time 30/01/2020 - 11:10

Data de atualização:

access_time 30/01/2020 - 11:10
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários e das moedas para esta quinta-feira (30/01/20).

ÁSIA – Na Ásia, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em queda de 2,62% a 26.449; o índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,37% a 3.170. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 1,72% aos 22.977. O índice S&PASX 200, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,33% a 7.008. O índice Kospi, Seul, ficou em queda de 1,71% a 2.148. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em queda de 0,69% aos 40.913. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em queda de 5,75% aos 11.421.

As bolsas de ações da Ásia fecharam com perdas nesta quinta-feira. O tombo maior ocorreu na Coreia do Sul, com o índice TAIEX perdendo mais de 5%. O índice regional de ações MSCI Asia Pacific fechou o pregão de hoje com queda de 1,8%. As moedas ficaram estressada, com o Yuan, China, cotada acima de 7,0 yuans/dólar pela primeira vez neste ano. Na agenda, apenas a Austrália apresentou indicadores.

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 seguia em queda de 1,02% aos 415.15 em Londres; o FTSE-100 (Londres) seguia em de 1,41% aos 7.382; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em queda de 1,20% a 13.184; o CAC 40 (Paris) seguia em queda de 1,52% a 5.864; o FTSE-MIB (Milão) seguia em queda de 1,44% aos 23.817; o Ibex 35 (Madri) seguia em queda de 0,94% a 9.456; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em queda de 0,17% a 5.250.

As bolsas europeias estão dando sinais de fechamento com perdas. O temor com a disseminação do coronavírus que derruba os futuros de ações americanos e impôs pesadas perdas aos mercados asiáticos no dia de hoje. A divulgação de importantes balanços corporativos, como Deutsche Bank, Shell e Unilever também mexem com as bolsas. As moedas estão caindo, enquanto o Reino Unido se prepara para deixar a União Europeia amanhã.

ESTADOS UNIDOS: O Dow Jones (futuros) seguia em queda de 0,51% aos 28.564 pontos. O S&P (futuros) seguia em queda de 0,55% aos 3.256 pontos. O Nasdaq (futuros) seguia em queda de 0,29% aos 9.072 pontos.

Os índices futuros das bolsas de Nova York operam em baixa e os juros dos Treasuries também recuam, refletindo o aumento da procura por segurança, à medida que a epidemia de coronavírus continua fazendo mais vítimas na China e se espalhando para outros países. Os investidores também estão de olho na agenda econômica, que prevê a divulgação do PIB americano do 4º trimestre. Na temporada de balanços estão os das empresas Verizon, Coca-Cola, Amazon e Visa. O índice de dólar segue em queda.

BRASIL: O Ibovespa opera em queda de 1,64% aos 113.496 pontos. O dólar comercial segue em alta de 0,61% aos R$4,245 para a venda.

A bolsa brasileira segue devolvendo. Os temores pela disseminação do coronavírus também estão atingindo os investidores brasileiros. O dólar segue buscando os R$ 4,30. Brasília está no destaque com a dança das cadeiras. Além disso, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, participam de evento em São Paulo.

Commodities

O petróleo referência Brent segue em queda de 2,30% a US$58,69 o barril negociado na bolsa Mercantil de Futuros de Londres.

O petróleo WTI segue em queda de 1,88% aos US$52,33 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?