Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

ÍNDICES: Movimentos das bolsas de ações e moedas

Data de criação:

access_time 27/12/2019 - 12:48

Data de atualização:

access_time 27/12/2019 - 13:48
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários e das moedas para esta segunda-feira (27/12/19).

ÁSIA – Na Ásia, ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 1,30% a 28.225 e o índice Shenzhen Composite ficou em queda de 0,67% a 1.697. O índice Xangai ficou em queda de 0,08% a 3.005. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,36% aos 23.837. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,11% a 3.226. O índice S&PASX 200, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,40% a 6.821. O índice Kospi, Seul, ficou em alta de 0,29% a 2.204. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 1,00% aos 41.575. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,75% a 12.091.

Na Ásia, as bolsas locais fecharam divididas, embora com bom humor ante os resultados de ontem em Wall Street e o acordo comercial na “Fase 1” prestes a ser assinado. Na China, foi divulgado o lucro industrial das empresas chinesas, que cresceu 5,4% em novembro, na comparação com igual mês do ano passado. O país também relaxou as restrições a moradias em cidades pequenas e médias, o que deve facilitar que pessoas de outros locais se estabeleçam nessas localidades. O Japão divulgou as vendas no varejo e produção industrial.

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 seguia em alta de 0,17% aos 419.59 em Londres; o FTSE-100 (Londres) seguia estável aos 7.632; o DAX 30 (Frankfurt) seguia em alta de 0,25% a 13.334; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,11% a 6.036; o FTSE-MIB (Milão) seguia em queda de 0,54% aos 23.769; o Ibex 35 (Madri) seguia em alta de 0,33% a 9.694; e o PSI-20 (Lisboa) seguia em alta de 0,69% a 5.267.

Na volta do feriado de Natal, as bolsas dão sinais de fechamento sem direção com os investidores ajustando e embolsando lucros. Os recordes apurados ontem pelas bolsas de Nova York também ficaram entre os destaques. Em dia de agenda vazia, as moedas seguem valorizadas.

ESTADOS UNIDOS: O Dow Jones seguia em alta de 0,12% aos 28.656 pontos. O S&P seguia estável aos 3.241 pontos. O Nasdaq seguia estável a 9.018 pontos.

No mercado de ações americano, os futuros de Nova York operam em alta nesta manhã. Em dia de agenda vazia, o dólar se mantém em queda diante das principais moedas pelo segundo dia consecutivo.

BRASIL: O Ibovespa opera em queda de 0,10% aos 115.004 pontos. O dólar comercial segue em queda de 0,52% aos R$4,073 para a venda.

O Ibovespa segue devolvendo aos 116.597 pontos, em dia de realização de lucros. A agenda local está carregada, com destaque para a Pnad Contínua, divulgada hoje pelo IBGE. A FGV/IBRE divulgou a inflação, o IGP-M, a Confiança da Indústria, entre outros dados. O Banco Central do Brasil – BCB divulgou a carteira de crédito. O dólar comercial segue em queda de 0,13% aos R$4,056 para a venda.

Commodities

O petróleo referência Brent ficou em alta de 0,86% a US$71,73 o barril negociado na bolsa de Futuros de Londres.

O petróleo WTI segue em queda de 0,28% aos US$61,51 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Qingdao, China, ficou em alta de 0,97% aos US$91,51 a tonelada seca e com 62% de pureza.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?