Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados asiáticos fecham 2019 sem direção e com a Coreia do Norte em destaque

Data de criação:

access_time 30/12/2019 - 10:39

Data de atualização:

access_time 30/12/2019 - 11:39
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As ações asiáticas fecharam sem direção nesta segunda-feira. Os investidores seguiram esperando novidade sobre a assinatura do acordo comercial entre os Estados Unidos e a China e, ao mesmo tempo, mantinham as atenções na reunião do Partido dos Trabalhadores, que começou no sábado na Coreia do Norte.

Na Ásia, ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 0,33% a 28.319 e o índice Shenzhen Composite ficou em alta de 0,92% a 1.713. O índice Xangai ficou em alta de 1,16% a 3.040. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,76% aos 23.656. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,13% a 3.222. O índice S&PASX 200, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,25% a 6.804. O índice Kospi, Seul, ficou em queda de 0,30% a 2.197. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou estável aos 41.558. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,62% a 12.091.

Uma reunião do Partido dos Trabalhadores, que está no poder através do líder Kim Jong-un, pediu que seus militares e diplomatas preparem “medidas ofensivas” não especificadas para proteger a segurança e a soberania do país, informou a mídia estatal do norte-coreana nesta segunda-feira.

Kim estabeleceu um prazo de final de ano para os Estados Unidos fazerem grandes concessões para salvar uma frágil diplomacia nuclear que teve um avanço na reunião de cúpula com o presidente Donald Trump na capital do Vietnã, Hanói.

A reunião plenária do Comitê Central do partido, que começou no sábado, está sendo observada de perto em meio às preocupações de que Kim possa suspender suas negociações nucleares com os Estados Unidos e adotar uma abordagem mais conflituosa. O temor segue com testes de mísseis de longa duração e avanços no desenvolvimento da energia nuclear.

Enquanto isso, em Tóquio, as ações da Rakuten recuaram 1,06% e as da Fanuc caíram 1,81%. Na contramão ficaram as ações da Credit Saison, alta de 0,96%, e as ações da Toyobo, ganho de 1,65%.

Em Hong Kong, as ações da Wharf Real Estate subiram 3,60%, as da Geely Automobile subiram 1,73% e as da AIA Group subiram 1,48%.

Na Coreia do Sul, as ações da SK Hynix subiram 1,98%.

Na Austrália, as ações da Oil Search caíram 0,67%.

A agenda local estava vazia.

Tradução ID com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?