Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados Asiáticos ficam divididos com Hong Kong no destaque

Data de criação:

access_time 27/05/2020 - 10:25

Data de atualização:

access_time 27/05/2020 - 10:25
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsas asiáticas fecharam mistas nesta quarta-feira, com a tensão entre Estados Unidos e China elevada por conta de Hong Kong. De outro lado, o alívio seguiu com a recuperação da pandemia de coronavírus.

Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em queda de 0,36% aos 23.301. O índice Xangai, China, ficou em queda de 0,34% a 2.836. O índice Shenzhen Composite ficou em queda de 0,86% a 1.774. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,70% aos 21.419. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em alta de 1,22%. O índice Kospi, Seul, ficou em alta de 0,07% a 2.031. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 3,25% os 31.605. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,16% aos 11.014. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,08% aos 5.775.

Os índices de referência em Xangai e Hong Kong recuaram depois que a Casa Branca disse que uma lei de segurança nacional proposta poderia comprometer o status do território chinês como um centro financeiro global. A lei que está sendo considerada para Hong Kong pelo legislador chinês também despertou alertas de que poderia corroer a independência dos tribunais e outros elementos que ajudam a fazer da ex-colônia britânica um centro de negócios.

A polícia se reuniu fora do complexo legislativo de Hong Kong nesta quarta-feira, isso antes dos legisladores debaterem o projeto de lei que criminalizaria o abuso do hino nacional chinês na cidade semi-autônoma.

A líder de Hong Kong tentou tranquilizar as empresas e o público que a lei não ameaçaria as liberdades civis. Os detalhes da lei não foram divulgados, mas a decisão de promulgá-la reflete a determinação do governo do presidente Xi Jinping de reforçar o controle sobre Hong Kong. A nova onda de protestos contra o governo já dura 11 meses, sendo que os grupos pró-democracia tomam as ruas desde 2014.

De volta aos mercados, entre as ações com ganhos na bolsa de Tóquio estavam as da Dowa Holdings, alta de 10,57%, as da Isuzu Motors, alta de 7,17%, as da NTN Corp, alta de 6,31%, as da T&D Holdings, alta de 6,08%. Na contramão ficaram as ações da Idemitsu Kosan, queda de 4,66%, as M3 Inc, queda de 3,76%, as WEST Japan, queda de 2,82%.

Na Austrália, a estimativa de tendência para o total de obras realizadas caiu 1,4% no trimestre de março de 2020. A estimativa, ajustada sazonalmente, para o total de obras realizadas caiu 1,0%, para US $ 49.481,2 milhões no trimestre de março.

A estimativa de tendência para o total de obras concluídas caiu 1,4% no trimestre de março de 2020. A estimativa de tendência para obras não residenciais realizadas subiu 0,7% e as obras residenciais caíram 2,9%.  A estimativa, sazonalmente ajustada, do total de obras realizadas caiu 1,0%, para US $ 28.924,2 milhões no trimestre de março. Os dados são do Governo da Austrália.

Tradução ID de relatórios oficiais e Associated Press

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?