Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados asiáticos ficam sem direção com apenas a China em alta

Data de criação:

access_time 12/01/2021 - 09:20

Data de atualização:

access_time 12/01/2021 - 09:20
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas asiáticas fecharam sem direção nesta terça-feira (12), com o investidor atento para a disseminação do coronavírus em diversas áreas da região. O índice regional de ações, MSCI Asia Pacific, fechou com alta de 0,30%.

Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, fechou em alta de 1,32% aos 28.276 pontos. O índice Xangai, China, ficou em alta de 2,18% aos 3.608. O índice Shenzhen Composite ficou em alta de 1,86% a 2.419 e o ChiNext (ETF) ficou em alta de 2,96%. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,09% aos 28.164. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,23% aos 2.977. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 0,50% aos 49.517. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,27% aos 6.679. O índice Kospi, Seul, ficou em queda de 0,71% a 3.125 pontos. O índice Taiex, bolsa de Seul, ficou em queda de 0,36% aos 15.500 pontos.

No Japão, o governo planeja adotar o estado de emergência para mais áreas no país e planeja expandir sua declaração de estado de emergência para três prefeituras ocidentais, incluindo Osaka, de acordo com a mídia local.

As bolsas na China foram o destaque de alta na Ásia. O índice Xangai Composto subiu 2,18%, enquanto a moeda local, yuan, atingiu seu maior valor diante de uma cesta de moedas desde 2018, alimentada pelo otimismo diante da expectativa de crescimento da economia chinesa

Ainda na China, Pequim introduziu novas medidas em áreas ao redor de Pequim na terça-feira, colocando 4,9 milhões de residentes sob confinamento, já que novas infecções aumentaram as preocupações sobre uma segunda onda em um país que, em grande parte, conteve a doença.

Entre as ações, as do SoftBank Group subiram 1,36% depois que um fundo que administra vendeu parte de sua participação na Uber Technologies por US $ 2 bilhões.

*Tradução ID de relatórios e agências internacionais e Reuters

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?