Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados Asiáticos ficam sem direção e a China volta do feriado

Data de criação:

access_time 18/02/2021 - 10:32

Data de atualização:

access_time 18/02/2021 - 10:32
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os principais mercados de ações da Ásia fecharam sem direção nesta quinta-feira (18). A China votou a operar depois do feriado pelo Ano Novo Lunar. Os investidores estão digerindo os resultados financeiros das grandes empresas, bem como os preços das commodities pesando nas ações das empresas do setor.

Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, fechou em queda de 1,58% aos 31.595 pontos. O índice Xangai, China, ficou em alta de 0,55% aos 3.675 pontos. O índice Shenzhen Composite ficou em queda de 0,41% a 2.450 pontos e o ChiNext (ETF) ficou em queda de 2,84%. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,19% aos 30.595. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,40% aos 2.908. O índice Sensex, bolsa de Mumbai, Índia, ficou em queda de 0,73% aos 51.324. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou estável aos 6.885. O índice Kospi, Seul, ficou em queda de 1,50% a 3.086 pontos. O índice Taiex, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,38% aos 16.424 pontos.

Os índices da China recuaram, depois da alta forte no início do pregão, na volta do feriado do Ano Novo Lunar. O temor do investidor local é o mesmo dos demais ao redor do mundo, ou seja, com a possibilidade do aperto da política monetária pelos bancos centrais com números da inflação mais elevados.

Hoje, o Banco do Povo da China injetou outros 20 bilhões de yuans por meio de reverse repos, enquanto 280 bilhões de yuans de liquidez foram definidos para expirar ao final do dia, conforme informação da Reuters.

No Japão, o Nikkei recuou com os investidores atentos aos resultados financeiros, mas com o índice acima do nível de 30 mil pontos. O otimismo se dá com o processo de vacinação no país e puxando para cima as ações das companhias de turismo e aéreas.

Na Austrália, o nível do emprego, ajustado sazonalmente, subiu para 29 mil entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021, de acordo com o Australian Bureau of Statistics (ABS). Houve recuperação contínua no mercado de trabalho.

Janeiro de 2021 foi o quarto aumento mensal consecutivo, já que o emprego em Victoria continuou a se recuperar. Nacionalmente, o nível de emprego era de apenas 59 mil abaixo de março de 2020, tendo caído em 872 mil no início da pandemia.

*Ivonéte Dainese com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?