Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados asiáticos mantiveram rali mesmo com coronavírus

Data de criação:

access_time 05/02/2020 - 10:02

Data de atualização:

access_time 05/02/2020 - 10:02
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os mercados asiáticos renovaram os ganhos nesta quarta-feira. Embora com o avanço do coronavírus, o governo local segue com medidas relevantes para evitar ainda mais o número de vítimas.

Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 0,42% a 26.786 e o índice Shenzhen Composite ficou em alta de 2,48% a 1.678. O índice Xangai ficou em alta de 1,25% a 2.818. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em alta de 1,38% a 3.200. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 1,02% aos 23.319. O índice S&PASX 200, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,37% a 6.948. O índice Kospi, Seul, ficou em alta de 0,36% a 2.165. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 0,87% aos 41.1429. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,15% aos 11.573.

Os investidores receberam com satisfação a decisão do Banco do Povo da China – PBoC de injetar US $ 57 bilhões em seus mercados. A medida é a última etapa de Pequim para amenizar o golpe financeiro do recente surto do vírus. Preocupações com o potencial impacto econômico global de um surto prolongado abalaram os mercados nas últimas semanas.

Entre as empresas que estão sentindo os impactos estavam as Apple e a Microsoft. Como outras grandes empresas de tecnologia, elas dependem muito de fazer negócios com a China. Os estoques de assistência médica, industrial e financeira também registraram ganhos sólidos.

A segunda maior economia do mundo está paralisada, ameaçando o crescimento econômico local e global. Mais empresas, incluindo a Sony, estão alertando os investidores sobre uma possível queda de receita e lucro por causa do vírus. Mais de 20.000 casos foram confirmados globalmente, além de mais de 400 mortes. Os casos ocorreram principalmente na China.

Entre as ações com ganhos em Tóquio estavam as da Nichirei Corp., alta de 6,87%, as da Mitsui Chemicals Inc., alta de 4,53%, as da Panasonic Corp., alta de 4,35%, e as da Toyota Tsusho Corp., alta de 3,91%. Na contramão ficaram as ações da Kao Corp., queda de 2,07%, as da Advantest Corp., queda de 0,87%, e as da Sony Corp., queda de 0,53%.

Entre as ações com ganhos em Hong Kong ficaram as da Geely Automobile Holdings, alta de 2,35%, as da Galaxi Entertainment Group, alta de 1,93%, as da Cnooc, alta de 1,69%, e as da Sands China. Na contramão ficaram as da Sunny Optical Tecnology Group Co., queda de 2,67%, as da Sino Land Co., queda de 0,76%, e China Mengniu Dairy, queda de 0,49%.

Na China, ajustado por fatores sazonais, incluindo o Ano Novo Chinês, o Índice de Atividade de Negócios caiu de 52,5 em dezembro para 51,8 em janeiro, para sinalizar um aumento mais suave da atividade de serviços no início do ano. Notavelmente, a taxa de expansão foi a mais suave registrada em três meses.

Em 51,9 em janeiro, ante 52,6 em dezembro, o Índice de Produtos Compostos apontou apenas uma expansão modesta da atividade comercial global da China no início do ano. Notavelmente, o ritmo de crescimento foi o mais fraco registrado em quatro meses. Simultaneamente, a taxa de crescimento composto de novos pedidos diminuiu para um mínimo de cinco meses. Os dados são do Caixin, a pesquisa mais tradicional da China.

Tradução ID de agências e relatórios internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?