Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados da Ásia engatam altas com indicadores econômicos

Data de criação:

access_time 03/03/2021 - 11:10

Data de atualização:

access_time 03/03/2021 - 11:10
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas da Ásia fecharam com ganhos nesta quarta-feira (03/03). O peso ficou com a agenda internacional carregada e com a temporada de resultados que estão, em grande parte, em linha com as projeções.

Ao final, o índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, fechou em alta de 2,70% aos 29.880 pontos. O índice Xangai, China, ficou em alta de 1,95% aos 3.576 pontos. O índice Shenzhen Composite ficou em alta de 1,30% a 2.363 pontos e o ChiNext (ETF) ficou em alta de 1,11%. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,51% aos 29.559. O índice FTSE Straits Times, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,89% aos 3.000. O índice Sensex, bolsa de Mumbai, Índia, ficou em alta de 2,28% aos 51.444. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,82% aos 6.818. O índice Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 1,29% aos 3.082. O índice Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 1,66% aos 16.2116.

As ações da China e de Hong Kong subiram acentuadamente na manhã de quarta-feira, lideradas por ações de bancos e commodities

Ontem, o principal órgão de fiscalização do setor bancário da China disse que os reguladores estão estudando medidas eficazes para reduzir o risco de entrada de capital estrangeiro. O comentário é interpretado por alguns como pouca disposição de Pequim em elevar as taxas de juros, um movimento que poderia atrair mais ingressos, escreveu a Reuters.

Os investidores globais estão otimistas com os resultados financeiros das empresas, bem como para os dados econômicos mais positivos.

Hoje, depois do alinhamento da curva de juros e com o yields dos Treasuries para baixo, o índice regional de ações, MSCI Asia Pacific, encerrou a sessão com alta de 1,3%.

Na China, a atividade empresarial no setor de serviços cresceu apenas modestamente em fevereiro, com a taxa caindo para o mínimo em 10 meses. A desaceleração coincidiu com um aumento mais suave no total de novos negócios, que foi parcialmente impulsionado por um novo declínio nas exportações.

O índice dos Gerentes de Compras (PMI) composto, que recuou de 52,2 em janeiro para 51,7 em fevereiro, sustentando ainda um bom ritmo de expansão acima de 50,0.

O Índice de Atividade de Negócios, ajustado sazonalmente, caiu de 52,0 em janeiro para 51,5 em fevereiro, mas indicando ainda um leve aumento na atividade de serviços na China. Além disso, a taxa de expansão foi a mais suave registrada nos atuais 10 meses de alta da produção. Os dados são do Caixin.

*Ivonéte Dainese com Reuters e relatórios oficiais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?