Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados da Ásia ficam divididos com a ata do Fed

Data de criação:

access_time 08/04/2021 - 10:09

Data de atualização:

access_time 08/04/2021 - 10:09
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices principais da Ásia fecharam sem direção nesta quinta-feira (08/04). Os investidores analisaram a ata do Federal Reserve, divulgada ontem nos Estados Unidos.

Índices: o Hang Seng, bolsa de Hong Kong, fechou em alta de 1,16% aos 29.008. O Xangai, China, ficou em alta de 0,08% aos 3.482. O Shenzhen Composite ficou estável aos 2.257 e o ChiNext (ETF) ficou em alta de 0,73%. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,07% aos 29.708. O Topix caiu 0,79% aos 1.951. O  Sensex, bolsa de Mombai, ficou em alta de 0,17% aos 49.746. O  XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda de 1,02% aos 6.998. O Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,19% aos 3.143. O Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,66% aos 16.926. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,29% aos 3.186.

O Fomc, do Fed, manteve o tom hawkish na leitura do mercado de que a autoridade poderá repensar a política monetária, mesmo sem os efeitos ainda da  inflação. Porém, o presidente do Fed, Jerome Powell, foi enfático ao citar a permanência do programa de compra de ativos e as taxas de juros perto de zero.

O índice Nikkei recuou e o país enfrenta novos casos de Covid-19. O governo estuda mais medidas restritivas.

Entre as ações com ganhos no Nikkei ficaram as da Hino Motors, alta de 2,61%, Japan Exchange, alta de 2,27%, e Omron, alta de 1,78%. Caíram as ações da Unitika, queda de 3,105, as da Oki Electric, queda de 3,96%, e as da Credit Saison, queda de 3,43%.

No Japão, o índice de Confiança do Consumidor, com ajuste sazonal, para março ficou em 36,1, alta de 2,2 pontos em relação ao mês anterior. No geral, o modo de vida ficou em 38,0, alta em 1,8 em relação ao mês anterior. Os dados são do Governo do Japão.

*Tradução ID

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?