Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados da Ásia ficam sem direção com balanços e realização

Data de criação:

access_time 26/04/2021 - 10:05

Data de atualização:

access_time 26/04/2021 - 10:05
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As bolsas da Ásia fecharam sem direção única nesta segunda-feira (26/4), com as expectativas positivas em relação à economia global. O lado negativo ficou com a realização de lucros. Em todos, as atenções permanecem na Covid-19.

Índices: o Hang Seng, bolsa de Hong Kong, fechou em queda de 0,43% aos 28.952. O Xangai, China, ficou em queda de 0,95% aos 3.441. O Shenzhen Composite ficou em queda de 0,75% aos 2.281 e o ChiNext (ETF) ficou em queda de 0,87%. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,36% aos 29.126. O Topix subiu 0,17% aos 1.918. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em alta de 1,06% aos 48.386. O XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,21% aos 7.045. O Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,99% aos 3.217. O Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 1,57% aos 17.572. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,34% aos 3.204. O índice MSCI Asia Pacific subiu 0,45%.

Na China, o índice Xangai caiu em realização de lucros com os setores relacionados à siderurgia e energia renovável. Além disso, os mercados já se preparam para a reunião do Politburo, o comitê que toma as decisões do Partido Comunista para projeções e orientações para as deliberações políticas.

No Japão, a bolsa subiu com as ações das empresas de viagens. O levantamento sobre os casos de coronavírus, que mostrou redução, também ajudou no desempenho de hoje.

Na sexta-feira, o país entrou em estado de emergência até a primeira semana de maio para Tóquio, Osaka e duas outras prefeituras. Estão fechados restaurantes, bares e salas de karaokê que servem bebidas alcoólicas.

No Japão, o Índice de Preços do Produtor de Serviços (todos os itens) aumentou 0,7% em relação ao ano anterior. O Índice de Preços do Produtor de Serviços (todos os itens <excluindo transporte internacional>) aumentou 0,6% em relação ao ano anterior. Os dados são do Governo do Japão.

Entre as ações com ganhos ficaram as da ANA Holding, alta de 5,78%, as da Central Japan, alta de 4,67%, as da Kobe Steel, alta de 4,26%, as da Rakuten Group, alta de 3,38%, e as da Mitsui, alta de 3,73%.

*Tradução ID com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?