Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Mercados europeus sustentam ganhos com indicadores

Data de criação:

access_time 02/06/2021 - 14:41

Data de atualização:

access_time 02/06/2021 - 14:41
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os mercados acionários europeus renovaram os ganhos nesta quarta-feira (02/06). Entre os destaques ficaram os indicadores econômicos da agenda local e também dos Estados Unidos.

Índices: o índice Stoxx Europe 600 ficou em alta de 0,28% aos 451.34 em Londres; o índice FTSE100, bolsa de Londres, ficou em alta de 0,39% aos 7.108; o CAC 40 (Paris) ficou em alta de 0,49% aos 6.521; o índice DAX-30, bolsa de Frankfurt, ficou em alta de 0,23% aos 15.602; o FTSE-MIB (Milão) ficou em alta de 0,23% aos 25.379; o Ibex 35 (Madri) ficou em queda de 0,10% aos 9.180; e o PSI-20 (Lisboa) ficou em queda de 1,08% aos 5.160.

O índice pan-europeu foi impulsionado pelas ações de consumo e de energia.

Em dia de calmaria em todos os mercados acionários, os investidores ainda estão digerindo os números da atividade industrial dos Estados Unidos e da Europa. Com isso, as expectativas se voltam para os números do emprego nos Estados Unidos.

Por fim, as ações das empresas de energia, petróleo e gás foram beneficiadas pela decisão da OPEP + em manter o plano de elevar cautelosamente a produção entre junho e julho.

Entre as ações com ganhos na bolsa de Londres ficaram as da Royal Dutch Shell, alta de 2,56%, as da BP, alta de 2,22%, as da Rolls-Royce Holding, alta de 3,08%, e as de British Land, alta de 2,34%. Na contramão ficaram as da Ocado Group, queda de 1,52%, as da Pearson, queda de 1,47%, as da Compass Group, queda de 1,16%, e as da SSE, queda de 1,57%.

*Tradução ID de relatórios e agências

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?