Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

TOTVS: Papéis passam a integrar o Índice Bovespa

Data de criação:

access_time 02/01/2020 - 18:27

Data de atualização:

access_time 02/01/2020 - 19:27
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

As ações da TOTVS, brasileira desenvolvedora de software de gestão, passam a integrar a Carteira Teórica do Índice Bovespa (Ibovespa), considerado o mais importante indicador de desempenho das ações negociadas na bolsa brasileira, a B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), e reúne as empresas mais importantes do mercado de capitais brasileiro. Fazer parte do índice reflete o resultado da estratégia de negócios da companhia, intensificada desde o final de 2018, período em que os papéis da TOTVS registraram um crescimento de 125%: saíram de R$28,65, em janeiro de 2019, para R$64,55, em 30 de dezembro do mesmo ano.

Com o anúncio, a TOTVS passa a ser a primeira empresa de tecnologia a integrar o Ibovespa. Em 2006, na ocasião da realização do IPO, a TOTVS também conquistou o título de primeira empresa de tecnologia da América Latina a abrir capital no Novo Mercado da B3. De acordo com dados divulgados hoje pela B3, o peso da TOTVS na nova composição do Índice Bovespa é de 0,4253%, representando a 57ª posição. A nova Carteira Teórica é composta por 73 ativos de 70 empresas.

“Integrar o seleto grupo da B3 faz com que as ações da TOTVS ganhem maior liquidez na bolsa, além de ser um indicador do excelente desempenho da empresa ao longo do último ciclo”, avalia Dennis Herszkowicz, presidente da TOTVS. “Isso reforça, mais uma vez, que estamos no caminho certo ao focar nossos esforços em um modelo de negócios poderoso, que passa pelo foco no core business da companhia e pela expansão para novos mercados”, complementa.

Em 2019, a TOTVS captou R$ 1,06 bilhão durante um follow-on (oferta subsequente), sendo 20 milhões de ações na oferta base e mais 7 milhões no chamado “hot issue”, realizado no mês de maio.

Redação

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?