Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street abre em queda e Europa corrige

Data de criação:

access_time 12/11/2020 - 11:50

Data de atualização:

access_time 12/11/2020 - 11:51
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de Nova York abriu em queda nesta quinta-feira. No radar está o avanço da pandemia de coronavírus. Notícias relacionadas aos desenvolvimentos das vacinas, sendo que muitas já estão na reta final de testes, também permanecem na pauta do dia.

A agenda americana está no foco, com os resultados dos pedidos iniciais de auxílio-desemprego, estoques de petróleo e os preços ao consumidor urbano.

Por fim, as ações de algumas gigantes de tecnologia, como a Apple, estão renovando os ganhos e sustentando a abertura em campo positivo do Nasdaq.

O Dow Jones abriu em queda de 0,56% aos 29.223 pontos. O S&P abriu em queda de 0,34% aos 3.560 pontos. O Nasdaq abriu em alta de 0,35% aos 11.828 pontos.  O índice de dólar opera perto da estabilidade em 92,99.

Nesta quinta-feira, os principais índices das bolsas europeias estão interrompendo a sequência de alta e corrigindo nesta reta final das negociações.

Há pouco, o índice pan-europeu, Stoxx Europe 600, está em queda de 0,80% aos 385.40 pontos. O índice principal de bolsa de Frankfurt, DAX30, estava em queda de 1,25% aos 13.050 pontos.

Sobre as moedas, o euro seguia em alta de 0,12% a US$1.1791 e a libra caía 0,49% a US$1.3157.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?