Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street corrige com atenção para Covid-19 e balanços

Data de criação:

access_time 20/04/2021 - 19:21

Data de atualização:

access_time 20/04/2021 - 19:21
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de Nova York fechou em queda nesta terça-feira (20/04), com os investidores mais animados com os resultados corporativos, mas em meio à pandemia de coronavírus no mundo.

Índices: o Dow Jones caiu 0,75% aos 33.821. O S&P ficou em queda de 0,68% aos 4.134. O Nasdaq caiu 0,92% aos 13.786.

Depois de uma semana de ouro nos mercados acionários, conforme o consenso dos analistas, os índices de peso em Wall Street corrigiram e os investidores embolsaram alguns lucros. Enquanto isso, os números financeiros do primeiro trimestre de 2021 dos grandes players estão surpreendendo.

Todas as apostas estão voltadas para as recuperações das ações que serão beneficiadas com a retomada da economia. As expectativas estão voltadas para as empresas de viagens e aéreas, que foram as mais atingidas com a pandemia. Entretanto, ontem, o Departamento de Estado americano pediu aos cidadãos que reconsiderem qualquer viagem internacional que possam ter planejado e disse que emitiria avisos específicos para não visitar cerca de 80% dos países do mundo devido aos riscos da pandemia do coronavírus, incluindo o Brasil.

Hoje, a Organização Mundial de Saúde alertou que as infecções globais por coronavírus estavam chegando ao seu nível mais alto na pandemia. O que acabou pesando no sentimento do mercado, disseram analistas.

A contagem global de novos casos diários quase atingiu um recorde de mais de 750 mil entre domingo e ontem, de acordo com o Washington Post, já que Índia e Brasil continuam sendo focos principais.

Os Estados Unidos registraram uma média de 67.175 novos casos por dia na semana passada, um aumento de 4% em relação à média de duas semanas atrás, mas cerca de 50% dos adultos norte-americanos já receberam uma injeção de vacina.

Nesta sessão, as ações da United Airlines recuaram 8,53% e as da American Airlines perderam 5,48%.

Entre as ações com ganhos estavam as da Johnson & Johnson, alta de 2,33%, depois que o lucro do primeiro trimestre e as vendas que superaram as expectativas, citando a força em seu negócio farmacêutico e a recuperação contínua em dispositivos médicos.

Por fim, o rendimento da nota do Tesouro de 10 anos caiu 4 pontos base para cerca de 1,56%.

*Por Ivonéte Dainese com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?