Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street derrete apesar da decisão do Fed com Dow Jones em queda de 12,9%

Data de criação:

access_time 16/03/2020 - 19:20

Data de atualização:

access_time 16/03/2020 - 19:20
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso de Wall Street atingiram um de seus níveis mais baixos de toda a história, com os três benchmarks de ações ficando abaixo de 12% nesta segunda-feira. O resultado marca o pavor com os receios sobre uma longa e difícil tarefa de combater a COVID- 19. A doença infecciosa surgiu em novembro do ano passado na cidade Wuhan, região de Hubei, China, já matou mais de 5 mil pessoas ao redor do mundo.

Ao final, o Dow Jones ficou em queda de 12,93% aos 20.188 pontos. O S&P ficou em queda de 11,98% aos 2.386 pontos. O Nasdaq ficou em queda de 12,32% aos 6.904 pontos. O índice Russell 2.000, que mede o comportamento das small caps, ficou em queda de 14,27% a 1.037 pontos. Por fim, o índice VIX, que mede o estresse do mercado, ficou em queda de 42,99% aos 82,69 pontos.

A bolsa de Nova York entrou em circuit breaker logo depois da abertura e quase interrompeu as negociações novamente com a fala do presidente Donald Trump.

Donald Trump, que falou na Casa Branca, disse na segunda-feira que o mercado de ações se cuidará. “O mercado ficará muito forte assim que nos livrarmos do vírus.” Mas perguntado se os Estados Unidos poderão entrar em recessão: “Bem, pode ser”, disse e destacou um “tremendo aumento” na economia no pós-vírus. Ontem, Trump elogiou o Federal Reserve de reduzir a taxa de juros.

O Comitê Federal de Mercado Aberto, Federal Reserve, reduziu a taxa de fundos federais em 1%, para um intervalo de zero a 0,25% e também anunciou a compra de títulos. A medida ocorreu em reunião extraordinária e cancelando a que começaria amanhã (17).

Ainda hoje, Trump manteve discussões com com os líderes dos Estados membros do Grupo dos Sete e também governadores dos Estados Unidos, comprometendo-se a trabalhar juntos em uma resposta ao coronavírus. Entretanto, pediu que medidas individuais sejam tomadas.

Uma declaração conjunta do G-7 destacou ferramentas de política fiscal e monetária para apoiar trabalhadores e empresas mais afetadas pela pandemia. Os líderes disseram que seus países cooperariam no desenvolvimento de uma vacina para o vírus mortal.

Nos Estados Unidos, a atividade comercial declinou no estado de Nova York, de acordo com as empresas que responderam à pesquisa Empire State Manufacturing de março de 2020.

O índice geral das condições gerais de negócios caiu 34 pontos para -21,5, seu nível mais baixo desde 2009. O índice de novos pedidos caiu para -9,3, indicando um declínio nos pedidos, e o índice de embarques caiu para -1,7. Os prazos de entrega aumentaram um pouco e os estoques aumentaram. O emprego se estabilizou e a semana de trabalho média diminuiu.

Tradução ID com agências internacionais e relatórios oficiais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?