Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street dispara com o pronunciamento de Donald Trump

Data de criação:

access_time 08/01/2020 - 18:45

Data de atualização:

access_time 08/01/2020 - 19:45
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de Wall Street fecharam no azul nesta quarta-feira, uma reação surpreendente depois do pronunciamento do presidente Donald Trump sobre o conflito com o Irã.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 0,56% aos 28.745 pontos. O S&P ficou em alta de 0,49% aos 3.253 pontos. O Nasdaq subiu 0,67% aos 9.129 pontos.

O sentimento dos investidores melhorou depois do pronunciamento do presidente Trump, que respondeu aos ataques desta terça-feira à noite minimizando sua importância, dizendo que não houve vítimas dos Estados Unidos e que apenas danos “mínimos” foram causados às instalações militares norte-americanas no Iraque.

“O Irã parece estar se afastando, o que é uma coisa boa para todas as partes envolvidas e uma coisa muito boa para o mundo”, disse o presidente durante discurso na Casa Branca.

Trump disse também que estava impondo novas sanções econômicas ao Irã, ao afirmar que: “Enquanto eu for presidente dos Estados Unidos, o Irã nunca poderá ter uma arma nuclear”, sugerindo a possibilidade de outras medidas dos Estados Unidos. Essa declaração teve como base a informação de que o Irã havia ultrapassado os limites de estoques de urânio estabelecidos pelo acordo nuclear de 2015, o acordo que o presidente Trump abandonou.

De acordo com analistas internacionais, os movimentos nas bolsas são justificados. “Grande parte dessa serenidade do mercado é devida a ambos os lados, sinalizando que eles não querem mais intensificar as coisas”, disse um deles para agências internacionais.

Entre as ações com perdas no Dow Jones ficaram as da Boeing, queda de 1,75%, depois que um 737 – não o 737 MAX que está aterrado – sofreu um acidente fatal logo depois da decolagem em Teerã, a caminho de Kiev, na Ucrânia, matando todos os 167 passageiros e nove tripulantes.

No Dow Jones, as ações da UnitedHealth Group subiram 2,11%, as da Americam Express Co subiram 1,73% e as da Visa Inc ganharam 1,71%. No contraponto ficaram as da Walt Disney Co, queda de 0,21% e as da Nike Inc, queda de 0,23%.

No S&P , as ações da Constellation Brands Inc, alta de 3,64%, as da Vertex Pharmaceuticals Inc,alta de 3,26% e as da Netflix Inc, alta de 2,57%.

Por fim, os investidores também ficaram atentos para os indicadores econômicos. Hoje, por exemplo, o relatório ADP ficou acima do esperado. O emprego no setor privado aumentou 202 mil de novembro a dezembro. O relatório é uma prévia do Payroll, que será divulgado na próxima sexta-feira (10).

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?