Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street fecha em alta com ações da Boeing e saída do CEO

Data de criação:

access_time 23/12/2019 - 18:45

Data de atualização:

access_time 23/12/2019 - 19:45
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de Nova York fechou em território positivo nesta segunda-feira. Na semana marcada pelo feriado de Natal, os investidores ficaram atentos em mais um grande problema com a Boeing. O CEO, Dennis Muilenburg, deixou o cargo em meio ao imbróglio que envolve o avião 737 MAX. As ações da companhia dispararam.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 0,34% aos 28.551 pontos. O S&P subiu 0,09% aos 3.224 pontos. O Nasdaq ficou em alta 0,23% aos 8.945 pontos.

Os mercados foram pegos de surpresa nesta segunda-feira, depois que o CEO da Boeing, Dennis Muilenburg, renunciou ao cargo em meio aos problemas envolvendo o 737 MAX. A gigante de Chicago anunciou que Muilenburg deixou o cargo imediatamente. O atual presidente do conselho, David Calhoun, assumirá oficialmente em 13 de janeiro.

Ainda permaneceu no radar a decisão da China em cortar tarifas de importação de carne de porco congelada, produtos farmacêuticos e alguns componentes de alta tecnologia a partir de 1º de janeiro.

O movimento foi o mais recente de uma série de ações que foram vistas como redução das tensões comerciais, um catalisador essencial para o rali de final de ano do mercado.

Entre as ações com ganhos no Dow Jones ficaram as da Boeing, alta de 2,91%, as da 3M Co, alta de 1,77% e as da Apple Inc, alta de 1,63%. Na contramão ficaram as ações da JPMorgan Chase, estáveis, as da Coca-Cola Co, queda de 0,11% e as da Travelers Cos. Inc, queda de 0,15%.

Entre as ações com ganhos no S&P ficaram as da Apache Corp, alta de 17,29%, as da Abiomed Inc, alta de 4,64% e as da Hess Corp, ganho de 3,16%. Na contramão ficaram as ações da Coty Inc., queda de 4,09%, as da CarMax Inc, queda de 3,81% e Conagra Brands Inc, queda de 2,99%.

No Nasdaq, as ações da Ingra- Celluar Therapies Inc, alta de 24,07%, as da China Finance Online, alta de 0,44% e as da Microbot Medical Inc, alta de 4,41%. Na contramão ficaram as ações da Acasti Pharma Inc, queda de 0,69% e as da Shineco Inc, queda de 0,21%.

Nos Estados Unidos, os números pedidos de bens duráveis ​​caíram 2% em novembro, informou o governo dos Estados Unidos nesta segunda-feira, mostrando que este é o maior declínio desde maio.

Os economistas esperavam uma forte recuperação de 1% com o fim da General Motors GM, que durou quase dois meses. Mas as ordens foram arrastadas por um grande declínio nas aeronaves de defesa, combinado com uma pequena queda decorrente da Boeing e os problemas com o avião 737 MAX.

Nos Estados Unidos, o Census Bureau e o Departamento de Habitação e Desenvolvimento Urbano anunciaram as novas estatísticas de vendas residenciais para novembro de 2019. As vendas de novas casas unifamiliares em novembro de 2019 estavam com uma taxa anual ajustada sazonalmente de 719 mil. Isso é 1,3% (± 11,0%) acima da taxa revisada de outubro de 710 mil e 16,9% (± 19,4%) acima da estimativa de novembro de 2018 de 615 mil.

Tradução ID com agências internacionais

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?