Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street fecha em alta e com os US$ 2 trilhões no radar

Data de criação:

access_time 25/03/2020 - 17:58

Data de atualização:

access_time 25/03/2020 - 17:59
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso de Wall Street fecharam no azul nesta quarta-feira, primeiros ganhos consecutivos em cerca de sete semanas, com os investidores voltando a entrar em um mercado desgastado.  Entretanto, perto do fechamento surgiam problemas na última etapa de discussões do pacote de resgate de US $ 2 trilhões destinado ao amparo de trabalhadores e empresas por conta do coronavírus.

Ao final, o Dow Jones subiu 2,39% aos 21.200 pontos. O S&P subiu 1,15% aos 2.475 pontos. O Nasdaq caiu 0,45% aos 7.384 pontos.

O senador Bernie Sanders, de Vermont,  ameaçou adiar o projeto de lei por causa de uma importante proposta de seguro-desemprego, segundo fontes. Os senadores republicanos também se opuseram a aspectos do projeto, colocando sua aprovação em dúvida.

Os investidores estavam ansiosos para ver de que forma o governo vai se comprometer para amparar ainda mais a economia, já que a crescente pandemia de coronavírus fechou fábricas, enviou estudantes para casa e aumentou as viagens para milhões de americanos.

No pacote estão incluídos os cheques de US $ 1.200, que serão enviados para muitos americanos. Outros US $ 367 bilhões para pequenas empresas, US $ 50 bilhões para o as companhias aéreas de passageiros, US $ 8 bilhões para companhias aéreas de carga e US $ 17 bilhões para empresas consideradas importantes para a segurança nacional.

Hoje, as ações da Boeing Co. ajudaram o índice blue-chip a superar as perdas, com ganhos de 24,32%.

Entre as demais ações com ganhos no Dow Jones ficaram as da United Companies, alta de 10,87%, as da Nike Inc, alta de 9,24%, as da American Express, alta de 7,28%, as UnitedHealth, alta de 6,68%, e as da Coca-Cola, alta de 5,48%. Na contramão ficaram as ações da Apple, queda de 0,55%, as da 3M, queda de 0,895, e as da Microsoft, queda de 0,96%.

Entre as ações com ganhos no S&P ficaram as da Norwegian Cruise, alta de 23,35%, as da Royal Caribbean Cruises, alta de 23,03%, as da Marathon Petroleum, alta de 20,63%, e as da Macy’s, alta de 16,78%. Na contramão ficaram as ações da Target Corp, queda de 9,47%, as da Alliance Data Systems, queda de 8,33%, e as da Kroger Co., queda de 7,33%.

Nos Estados Unidos, o relatório divulgado pelo Departamento de Comércio mostrou um aumento inesperado de novos pedidos de bens duráveis no mês de fevereiro.

Os pedidos de bens duráveis aumentaram 1,2% em fevereiro, após um aumento revisado de 0,1% em janeiro. Os economistas esperavam que as encomendas de bens duráveis diminuíssem cerca de 0,8% em comparação com a queda de 0,2% relatada no mês anterior.

O aumento inesperado dos pedidos de bens duráveis deveu-se, em grande parte, a uma recuperação substancial dos pedidos de equipamentos de transporte, que aumentaram 4,6% em fevereiro, depois de recuar 0,9% em janeiro.

Tradução ID de agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?