Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street fica no azul com pacote emergencial

Data de criação:

access_time 28/12/2020 - 19:51

Data de atualização:

access_time 28/12/2020 - 19:51
format_align_left 1 minuto de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso de Wall Street mantiveram os ganhos nesta segunda-feira (28), com a novela sobre o pacote fiscal chegando ao fim. O presidente Donald Trump assinou a Lei para a injeção de US$900 bilhões neste domingo e comprometendo o Natal de muitos americanos.

Ao final, o Dow Jones subiu 0,68% a 30.403 pontos. O S&P ficou em alta de 0,87% aos 3.735 pontos. O Nasdaq subiu 0,74% a 12.899 pontos.

Depois de quase seis meses de discussões entre os líderes dos dois partidos no Congresso americano, o presidente Donald Trump sancionou a Lei que vai contemplar US$900 bilhões em auxílio emergencial.

A Lei, que Trump classificou de “desgraça” inadequada e pediu para que os legisladores fizessem mudanças, incluindo pagamentos mais generosos, vai chegar aos bolsos dos americanos através de cheques de US$600 e mais US$300 atrelados ao auxílio- desemprego. Para as pequenas empresas o montante não foi revelado.

A liberação de US$900 bilhões já faz parte dos R$ 4,7 trilhões injetados nos programas emergenciais. O pacote inclui também US$1,4 trilhão, de R$ 7,3 trilhões, para financiar agências federais até setembro de 2021, com isso será possível evitar o shutdown.

Entre as ações com ganhos ficaram as do Alibaba Group Holding, alta de 0,16%, com seu programa de recompra de ações na noite de domingo saindo de US $ 6 bilhões para US $ 10 bilhões. Os papéis da gigante subiram, mesmo com uma investigação antitruste por reguladores chineses.

Os ganhos no Dow Jones foram amparados pelas ações da Apple, alta de 3,58%, as da Walt Disney, alta de 2,95%, Visa Inc., alta de 1,88%, e as do Goldman Sachs, entre outras.

Nos Estados Unidos não foram apresentados indicadores.

*Por Ivonéte Dainese

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?