Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street fica sem direção com indicadores

Data de criação:

access_time 17/02/2021 - 19:09

Data de atualização:

access_time 17/02/2021 - 19:09
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de Wall Street ficaram sem direção nesta quarta-feira (17). Os investidores avaliaram os dados da inflação norte-americana, que surpreenderam. As ações de tecnologia pesaram no Nasdaq e no S&P.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 0,29% aos 31.613 pontos. O S&P ficou estável aos 3.931 pontos. O Nasdaq caiu 0,58% aos 13.965 pontos.

A alta do Dow Jones se deu com as ações da Verizon Communications Inc e da Chevron Corp, que foram beneficiadas com a Berkshire Hathaway Inc, de Warren Buffett, citando grandes investimentos nas empresas. As ações da Verizon subiram 5,24% e as da Chevron avançaram 3%.

Já os pesos-pesados de tecnologia derrubam o S&P 500 e o Nasdaq. As ações do setor de energia subiram com uma parada na produção de petróleo do Texas, o que acabou puxando os preços do petróleo para cima.  Ainda ficou no radar o resultado das vendas no varejo.

Por fim, no meio desta tarde o Federal Reserve apresentou a ata da última reunião de política de janeiro. Todos os membros do Comitê de Mercado Aberto – Fomc apoiaram a decisão de manter uma política monetária acomodatícia. O Fed se comprometeu a fixar as taxas de juros perto de zero até que a inflação suba para 2% e dê sinais que poderá ultrapassar essa meta.

Nos Estados Unidos, as vendas no varejo subiram 5,3% em janeiro, um dos melhores resultados em 2021, de acordo com os dados do Census Bureau e do Departamento de Estatísticas. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperavam um aumento de apenas 1,2%.

Nos Estados Unidos, a produção industrial subiu 0,9% em janeiro, acima da projeção de 0,4%. Este é o quarto aumento sólido consecutivo. A produção aumentou 1,3%, dado revisado em dezembro, ligeiramente abaixo da estimativa anterior de ganho de 1,6%.

Com 107,2% da média de 2012, a produção industrial total em janeiro foi 1,8% menor que o nível do ano anterior. A capacidade de utilização o setor industrial aumentou 0,7 p.p em janeiro para 75,6%, uma taxa que está 4,0% abaixo de sua média de longo prazo (1972-2020). Os dados são do Federal Reserve.

*Por Ivonéte Dainese com agência Reuters internacional e relatórios

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?