Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street mantém a cautela e apenas o Nasdaq fica positivo

Data de criação:

access_time 16/03/2021 - 19:28

Data de atualização:

access_time 16/03/2021 - 19:28
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso de Wall Street devolveram as altas da sessão anterior nesta terça-feira (16/03). Os investidores mantiveram as atenções nos indicadores econômicos apresentados hoje, enquanto isso elevaram as apostas para a decisão do Federal Reserve, que encerra a reunião de política monetária amanhã.

Ao final, o Dow Jones ficou em queda de 0,39% aos 32.825 pontos. O S&P caiu 0,16% aos 3.962 pontos. O Nasdaq subiu 0,09% aos 13.471 pontos.

Para amanhã, o radar do mercado deverá permanecer no comunicado do Federal Reserve ao final da reunião. Embora o presidente do Fed, Jerome Powell, venha reafirmando compromisso em manter as taxas de juros inalteradas até meados de 2022, os índices inflacionários sugerem, em algum momento, uma mudança na estratégia do banco central.

Hoje, entre os indicadores apresentados, a surpresa ficou com as vendas no varejo, que ficaram mais fracas que as projeções. A produção industrial também recuou, mas já era aguardada por conta dos feriados e também das condições climáticas.

Por fim, as ações de tecnologia negociadas no Dow Jones voltaram para o apetite dos investidores nesta sessão.

Entre as ações com ganhos no Dow ficaram as da Amgen, alta de 1,85%, as da Intel Corp, alta de 1,55%, as da Apple, ganho de 1,27%, e as da Microsoft, alta de 1,24%. Recuam as ações da Boeing, queda de 3,92%, as da American Express, queda de 2,51%, as da Chevron, queda de 2,37%, e as da Caterpillar, queda de 1,85%.

Nos Estados Unidos, em fevereiro, a produção industrial total recuou 2,2%, de acordo com o Federal Reserve. A produção manufatureira e a mineração caíram 3,1% e 5,4%, respectivamente, a produção das concessionárias de serviços subiu 7,4%. O rigoroso inverno na região centro-sul do país em meados de fevereiro foi responsável pela maior parte das quedas na produção do mês.

Por lá, o Census também mostrou as estimativas de vendas de varejo e serviços alimentícios para fevereiro de 2021, ajustadas para variação sazonal, diferenças de feriados e dias de negociação, mas não para mudanças de preço, que ficaram em US$ 561,7 bilhões, queda de 3,0% (± 0,5%) em relação ao mês anterior, e 6,3% (± 0,7%) acima de fevereiro de 2020.

Mais informações aqui

*Por Ivonéte Dainese

 

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?