Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street mantém ganhos com Dow Jones disparando 3,1%

Data de criação:

access_time 30/03/2020 - 19:18

Data de atualização:

access_time 30/03/2020 - 19:18
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso de Wall Street fecharam com ganhos nesta segunda-feira, com o Dow Jones registrando ganhos substanciais apoiados pelas empresas de saúde Johnson & Johnson e UnitedHealth, enquanto os investidores avaliavam os esforços para retardar a propagação da pandemia de COVID-19 e amortecer os impactos na economia com o bloqueio de atividades em grande parte dos Estados Unidos.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 3,19% aos 22.327 pontos. O S&P ficou em alta de 3,35% aos 2.626 pontos. O Nasdaq ficou em alta de 3,62% aos 7.774 pontos.

Os rendimentos dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos de 10 anos ficaram em queda de 10,55% aos 0,6700%  e os preços do petróleo derreteram para o nível mais baixo desde 2002. O petróleo WTI ficou em queda de 5,72% aos US$20,28 o barril.

Neste domingo, o presidente Donald Trump disse durante uma entrevista coletiva que estava estendendo a quarentena até 30 de abril. Mudança de posição imediata, ante o avanço da doença naquele País, já que o presidente pretendia determinar a abertura do País na semana da Páscoa.

Na mesma linha do presidente americano ficaram as autoridades do Reino Unido. No Japão, o governo poderá proibir a entrada de estrangeiros que viajaram recentemente para os Estados Unidos.

Os casos do coronavírus estão em 770 mil no mundo de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins. O número de casos nos Estados Unidos está acima dos 156 mil, com mais de 2.000 mortes.

No Dow Jones, entre as ações com ganhos ficaram as da Johnson&Johnson, alta de 8,00%, as da Microsoft, alta de 7,03%, as da Intel, alta de 5,96%, as da Pfizer, alta de 5,73%, e as do Walmart, alta de 5,12%. Na contramão ficaram as ações da Boeing, queda de 6,00%.

Nos Estados Unidos, as vendas pendentes de imóveis aumentaram em fevereiro, subindo pelo segundo mês consecutivo, de acordo com a Associação Nacional de Corretores de Imóveis. O índice de vendas pendentes de residências (PHSI), um indicador prospectivo baseado em assinaturas de contratos, cresceu 2,4%, para 111,5 em fevereiro. As contratações ano a ano aumentaram 9,4%. Um índice de 100 é igual ao nível de atividade do contrato em 2001.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?