Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street recua com ações de tecnologia e China no destaque

Data de criação:

access_time 02/03/2021 - 19:17

Data de atualização:

access_time 02/03/2021 - 19:17
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de Wall Street fecharam no vermelho nesta terça-feira (02/03). O peso no movimento ficou para as ações de tecnologia, apesar da queda nos rendimentos dos títulos do Tesouro americano. A vacina da Johnson & Johnson ficou no destaque principal do dia.

Ao final, o Dow Jones caiu 0,46% aos 31.391 pontos. O S&P ficou em queda de 0,81% aos 3.870 pontos. O Nasdaq caiu 1,69% aos 13.358 pontos.

Os investidores permaneceram atentos aos rendimentos do Tesouro, que na semana passada subiram muito e promoveram as liquidações no mercado de ações. Hoje, o yield do título de 10 anos caiu 3,1 pontos base para 1,413%.

Além da queda nos rendimentos do Tesouro, a chegada da vacina da Johnson & Johnson e perspectivas de outro pacote de estímulo de US$1,9 trilhão ficaram no radar. O debate sobre o pacote está no Senado, depois de ter sido aprovado pela Câmara dos Representantes no último final de semana.

Outra notícia que despertou também a atenção dos investidores veio da China. O presidente da Comissão Regulatória Bancária e de Seguros da China, que também é membro do Banco do Povo da China, Guo Shuqing, surpreendeu ao declarar que existe um risco muito forte de um estouro nas “bolhas” de ativos nos países desenvolvidos e também no mercado imobiliário chinês.

Entre os destaques corporativos ficou a Zoom Video Communications Inc, que caiu 9%, depois de reportar lucro líquido de US$ 260,4 milhões no 4T20, ou 87 centavos por ação, comparado com lucro líquido de US$ 15,3 milhões no mesmo trimestre do ano anterior.

Por fim, a partir de hoje a vacina da J&J já está sendo aplicada nos americanos, que seguem otimistas com o ambiente renovado do País e com a pandemia dando sinais de pequenos recuos.

Nos Estados Unidos, o Índice de Otimismo Econômico IBD / TIPP, na leitura mensal antecipada da confiança do consumidor, saltou 3,5 pontos para 55,4 em março. Leituras acima do nível 50 (neutro) refletem otimismo. Foi o terceiro ganho de mês consecutivo e a leitura mais alta desde o início de fevereiro de 2020.

Os americanos estão se sentindo muito melhor em relação à economia dos Estados Unidos e tudo o mais. A direção do IBD / TIPP para o indicador do país saltou 7,1 pontos para 52,7, a mais alta desde janeiro de 2004 e a primeira leitura positiva desde agosto de 2018.

O índice IBD/TIPP Financial Related Stress subiu um décimo de um ponto para 61,7 em março, ainda perto de seu nível mais baixo da pandemia. Leituras acima de 50 indicam estresse crescente.

*Por Ivonéte Dainese com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?