Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street recua com atenção para o pacote, balanços e Covid-19

Data de criação:

access_time 22/02/2021 - 19:44

Data de atualização:

access_time 22/02/2021 - 19:44
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de Wall Street fecharam no vermelho nesta segunda-feira (22), com apenas o Dow Jones fechando perto da estabilidade. Os investidores acompanharam a temporada de balanços e mantiveram a expectativa elevada para o pacote de US$1,9 trilhão.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 0,09% aos 31.521 pontos. O S&P ficou em queda de 0,77% aos 3.876 pontos. O Nasdaq caiu 2,46% aos 13.533 pontos.

Os rendimentos de longo prazo do Tesouro americano subiram novamente, depois de registrar sua maior alta em seis semanas, tirando o entusiasmo para o mercado de ações.

Em um cenário de taxas subindo e crescimento econômico mais rápido, as empresas de tecnologia com ganhos cada vez maiores tornam-se menos atraentes para os investidores. Os rendimentos também foram impulsionados pelas expectativas de que rodadas agressivas de gastos fiscais, além da política monetária frouxa extraordinária do Federal Reserve, alimentariam pressões inflacionárias de curto prazo.

O presidente do Fed, Jerome Powell, deve falar perante o Comitê Bancário do Senado nesta terça-feira (23), e os investidores devem procurar por possíveis mudanças nas perspectivas dovish do banco central.

O mercado também acompanhou atentamente as discussões do Congresso sobre a aprovação do pacote de US $ 1,9 trilhão do presidente Joe Biden.

Por fim, o processo de vacinação continua, com os níveis de casos de COVID-19 recuando. Porém, os Estados Unidos atingiram, hoje, o número 500 mil mortes.

Entre as ações com perdas no Dow Jones ficaram as da Boeing Co, recuo de 2,11%, depois que a United Airlines Holdings Inc, com ações valorizadas em 3,48%, disse que está retirando os aviões Boeing 777 de serviço. A decisão temporária veio depois que um motor quebrou durante o voo no fim de semana espalhando peças pelos ares.

A Boeing recomendou aterrar aeronaves com esse modelo de motor. As ações da Raytheon Technologies Corp, controladora da Pratt & Whitney, que fez o motor, caíram 1,7%.

Nos Estados Unidos, a agenda estava praticamente vazia.

*Por Ivonéte Dainese com relatórios e agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?