Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street recua com PIB e Trump sugerindo adiar as eleições

Data de criação:

access_time 30/07/2020 - 18:52

Data de atualização:

access_time 30/07/2020 - 18:52
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de Nova York ficou em queda nesta quinta-feira. O que se viu foi o mau humor do investidor com os dados do PIB dos Estados Unidos, queda de 32,9%, e aumento nas solicitações de auxílio-desemprego.  Entretanto, para tornar o dia mais nebuloso, no meio da tarde o presidente Donald Trump levantou a possibilidade do adiamento das eleições de novembro. A temporada de resultados financeiros permanece no radar.

Ao final, o Dow Jones ficou em queda de 0,85% aos 26.313 pontos. O S&P ficou em queda de 0,38% aos 3.246 pontos. O Nasdaq ficou em alta de 0,43% aos 10.587 pontos.

Os mercados estavam sob pressão no início desta quinta-feira, puxados pelo pior PIB já registrado e por um relatório do mercado de trabalho ressaltando o aumento nos casos da COVID-19. A falta de progresso nas negociações entre democratas do Congresso, republicanos e a Casa Branca sobre um novo pacote de ajuda emergencial com a pandemia também pesou no sentimento.

Para elevar o clima de pessimismo, o presidente Donald Trump twittou uma sugestão para adiar as eleições de novembro, repetindo uma alegação de que mais votos por correspondência resultariam em fraude.

“Com a votação universal por correio (não a votação ausente, o que é bom), 2020 será a eleição mais imprecisa e fraudulenta da história. Será um grande embaraço para os EUA. Adie a eleição até que as pessoas possam votar de maneira adequada, segura e protegida”, disparou.

Essa possibilidade existe dentro da Constituição americana e caberia ao Congresso determinar uma nova data, como ocorreu aqui no Brasil. A Constituição norte-americana dá aos legisladores o poder de “determinar aos eleitores a hora e o dia em que eles devem votar”.

Nesta sessão, o Nasdaq ganhou força com as expectativas para os relatórios financeiros das gigantes do setor.

Entre as ações com ganhos ficaram as da Procter & Gamble Co, alta de 2,42%, isso depois que a empresa de produtos de consumo obteve lucro e receita fiscal no trimestre superando as expectativas. Além disso, as perspectivas são otimistas pelo aumento da demanda por produtos de limpeza doméstica e saúde pessoal por conta da COVID -19.

As ações da UPS United Parcel Service Inc subiram 14,4%, depois que a gigante da entrega reportou lucro e receita do segundo trimestre, que também superaram facilmente as previsões, impulsionados por um aumento na demanda residencial e remessas de produtos de cuidados de saúde.

Nos Estados Unidos, o produto interno bruto real (PIB) diminuiu a uma taxa anual de 32,9% no segundo trimestre de 2020, de acordo com a estimativa “adiantada” divulgada pelo Departamento de Análises Econômicas. No primeiro trimestre, o PIB real diminuiu 5,0%.

O PIB em dólar atual diminuiu 34,3%, ou US $ 2,15 trilhões, no segundo trimestre, para um nível de US $ 19,41 trilhões. No primeiro trimestre, o PIB diminuiu 3,4%, ou US $ 186,3 bilhões.

Nos Estados Unidos, na semana que terminou em 25 de julho, os pedidos iniciais de auxílio-desemprego, com ajuste sazonal, ficaram em 1.434 milhão, alta em 12 mil em relação ao nível revisado da semana anterior e abaixo de 1.440 milhão estimado.

A taxa de desemprego medida pelos pedidos, com ajuste sazonal, estava em 11,6% na semana encerrada em 18 de julho, um aumento de 0,5 ponto percentual em relação à taxa não revisada da semana anterior. Os números são do Departamento do Trabalho dos Estados Unidos.

*Por Ivonéte Dainese de relatórios oficiais e com agências

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?