Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street recupera perdas com Federal Reserve

Data de criação:

access_time 15/06/2020 - 18:10

Data de atualização:

access_time 15/06/2020 - 18:10
format_align_left 2 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de Wall Street fecharam com ganhos nesta segunda-feira. A recuperação, incluindo o Dow Jones na reta final do pregão, se deu com o Federal Reserve anunciando novas medidas.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 0,62% aos 25.763 pontos. O S&P ficou em alta de 0,83% aos 3.066 pontos. O Nasdaq ficou em alta de 1,43% aos 9.726 pontos.

Nesta segunda-feira, o Federal Reserve anunciou a compra de títulos corporativos individuais como parte de seu programa emergencial de empréstimos para injetar liquidez na economia afetada pelo vírus. O Fed disse que está expandindo o escopo de seu empréstimo em US $ 750 bilhões, além de eliminar algumas restrições anteriores para potenciais tomadores de empréstimos.

As preocupações renovadas com a doença COVID-19 levaram os principais benchmarks de ações do mundo a registrar seu pior desempenho semanal desde março nesses últimos dias de junho.

Enquanto isso, os Estados Unidos também estão acompanhando novos casos de pessoas infectadas na Flórida e no Texas. A doença ressurge com algumas atividades comerciais sendo retomadas em 50 estados.

Do lado corporativo, entre as empresas com ações valorizadas ficaram as da Zoom Video Communications Inc, ganhos de 8,88%, depois de um recorde no uso do provedor ante o surgimento de novos casos da COVID-19 na China.

Entre as ações com ganhos no Dow Jones estavam as da Raytheon Technologies, alta de 2,57%, as do Goldman Sachs, alta de 2,25%, as da Coca-Cola, alta de 1,54%, as da Nike, alta de 1,46%, as do JP Morgan, alta de 1,38%, e as do Walt Disney, alta de 1,36%. Na contramão ficaram as ações da Merc&Co, queda de 2,99%, as da Chevron, queda de 1,26%, as da Pfizer, queda de 1,16%, e as da Verizon Communications, queda de 0,67%.

As atividades comerciais estabilizaram no estado de Nova York, conforme as empresas que responderam à pesquisa Empire State Manufacturing de junho de 2020. Depois de quebrar os recordes mínimos em abril e maio, o índice geral das condições comerciais subiu 48 pontos para a queda de 0,2. Novos pedidos não foram alterados em relação ao mês passado e os embarques aumentaram.

*Por Ivonéte Dainese com relatórios oficiais e agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?