Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street renova alta e descola do processo de impeachment de Trump

Data de criação:

access_time 19/12/2019 - 18:39

Data de atualização:

access_time 19/12/2019 - 19:39
format_align_left 5 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

A bolsa de Nova York fechou no azul nesta quinta-feira. Os investidores ficaram atentos para a aprovação do processo de impeachment do presidente Donald Trump pela Câmara dos Deputados na noite desta quarta-feira. O acordo entre a China e os Estados Unidos está de lado.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 0,49% aos 28.376 pontos. O S&P subiu 0,45% aos 3.2050 pontos. O Nasdaq ficou em alta 0,67% aos 8.887 pontos.

Enquanto a votação do partido Democrata controlava a Câmara para impugnar Trump sob acusações de abuso de poder e obstrução do Congresso, os investidores ignoraram amplamente os procedimentos no pregão de ontem, disseram analistas. Hoje, com um pouco mais de cautela, os investidores elevam as apostas de que o processo não passará na votação do Senado, que tem a maioria de Republicanos, partido de Trump.

Sobre o acordo, o Ministério do Comércio da China disse hoje que permanece em contato com os Estados Unidos, enquanto o texto do acordo é redigido, embora tenha recusado confirmar as alegações do governo Trump de que envolverá US $ 32 bilhões em compras agrícolas, além dos US $ 24 bilhões em compras feita pelos chineses em 2017, antes do início da disputa comercial. “Após a assinatura oficial do acordo, o conteúdo do acordo será tornado público”, disse Gao Feng, porta-voz do Ministério do Comércio chinês, segundo a Reuters.

O secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, disse hoje para a CNBC que o acordo será assinado e que “está apenas passando pelo que eu consideraria uma questão jurídica técnica”.

Entre as ações com ganhos no Dow Jones ficaram as da Cisco Systems Inc, alta de 2,66%, as da 3M Co, alta de 1,85% e também as da Johnson&Johnson, alta de 1,51%. Na contramão ficaram as ações da WalT Disney Co, queda de 0,08%, as do Goldman Sachs Group em queda de 0,22%.

No S&P, as ações da Conagra Brands Inc subiram 15,87%, as da Netflix Inc, alta de 3,56% e as da Ecolab Inc, alta de 3,28%. Na contramão ficaram as ações da Macy’s, queda de 2,72%, as da Darden Restaurants Inc, queda de 6,26% e as da Abiomed Inc, queda de 4,28%.

No Nasdaq, entre as ações com ganhos ficaram as da Helius Medical Tecnologies Inc, alta de 65,83% e as da Zion Oil & Gas Inc, alta de 46,38%. Na contramão ficaram as ações da Ekso Bionics Holdings Inc, queda de 23,51% e as da Venus Concept Inc, queda de 18,96%.

Nos Estados Unidos, a atividade de manufatura na região ficou estável este mês, de acordo com os resultados da Pesquisa de Perspectivas de Negócios de Manufatura de dezembro.

O índice de difusão da atividade geral atual caiu 10 pontos este mês, para 0,3, sua menor leitura em seis meses. A porcentagem de empresas que relatam aumentos foi igual à porcentagem de diminuições (29%). Os índices para remessas atuais e novos pedidos subiram mais: o índice atual de novos pedidos aumentou 1 ponto, enquanto o índice de remessas aumentou 6 pontos. Os índices de pedidos não atendidos e prazos de entrega permaneceram positivos este mês, sugerindo maiores pedidos não atendidos e menor tempo de entrega.

Os fabricantes continuaram relatando expansão do emprego este mês, embora o índice atual de empregos tenha diminuído 4 pontos, para 17,8. Quase 19% das empresas relataram maior emprego, enquanto apenas 1% relatou menor emprego. O índice médio da semana de trabalho permaneceu positivo e subiu 2 pontos.

Nos Estados Unidos, o Índice Econômico Líder da Conference Board (LEI) permaneceu inalterado em novembro, permanecendo em 111,6, depois de um declínio de 0,2% em outubro e setembro.

O Índice Econômico Coincidente do Conference Board (CEI) aumentou 0,4% em novembro para 106,8, após uma queda de 0,1% em outubro e um aumento de 0,1% em setembro.

O Índice Econômico de Retardo do Conference Board (LAG) aumentou 0,5% em novembro para 108,7, após um aumento de 0,2% em outubro e um aumento de 0,1% em setembro.

Nos Estados Unidos, as vendas de imóveis existentes caíram em novembro, recuando um pouco após os ganhos de outubro, segundo a Associação Nacional de Corretores de Imóveis. O Nordeste e o Centro-Oeste registraram crescimento no mês passado, enquanto o Sul e o Oeste registraram queda nas vendas. O total de vendas de residências existentes, transações concluídas que incluem residências unifamiliares, residências urbanas, condomínios e cooperativas, caíram 1,7% em relação a outubro, para uma taxa anual de 5,35 milhões em novembro, com ajuste sazonal. No entanto, as vendas aumentaram 2,7% em relação ao ano anterior (5,21 milhões em novembro de 2018).

Tradução ID com agências internacionais

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?