Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street segue sem direção com balanços, indicadores e China

Data de criação:

access_time 14/02/2020 - 14:35

Data de atualização:

access_time 14/02/2020 - 14:35
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de peso da bolsa de Nova York seguem operando divididos. O que se vê é o Dow Jones no negativo e os demais estáveis. No radar estão os dados econômicos e a temporada de balanços financeiros. O avanço do COVID-19 na China também pesa.

Há pouco, o Dow Jones estava em queda de 0,18% aos 29.370 pontos. O S&P seguia estável a 3.374 pontos. O Nasdaq seguia estável aos 9.713 pontos.

Depois de uma semana recheada de boas compras, os investidores de Wall Street entraram em realização nas negociações de ontem. Entretanto, nesta sexta- feira, o que se vê é cautela ante a divulgação da produção industrial, vendas no varejo e o sentimento de negócios da Universidade de Michigan.

Sobre a epidemia do COVID-19, a China disse que mais 121 pessoas morreram nas últimas 24 horas, elevando o total para 1.383. A Comissão Nacional de Saúde do país registrou 5.090 novos casos confirmados na China continental, elevando o total para 63.851. O número de novos casos aumentou acentuadamente na quinta-feira, após uma mudança no método de contagem do governo.

Mas uma medida do sentimento do consumidor superou as expectativas de atingir uma alta de quase 15 anos em uma leitura preliminar de fevereiro. Separadamente, o Departamento de Comércio informou que os estoques comerciais subiram 0,1% em dezembro.

No Dow Jones, entre as ações com ganhos estavam as da Visa, alta de 1,29%, as da American Express, alta de 1,19%, as da Home Depot, alta de 0,99%, e as do Walmart, alta de 0,65%. Na contramão estavam as ações do JPMorgan Chase, queda de 0,11%, as da Chevron Corp. queda de 0,37%, e as do Goldman Sachs Group, queda de 0,37%.

No S&P estavam as ações da Expedia Corp, alta de 11,43%, as da NVIDIA, alta de 7,32%, e as da Digital Realty, alta de 3,75%. Na contramão ficaram as ações da Marathon Oil, queda de 4,19%, as da Freeport-McMoRan, queda de 4,14%, e as da Kraft Heinz, queda de 3,51%.

Nos Estados Unidos, as vendas no varejo subiram modestamente em janeiro, quando os americanos gastaram mais dinheiro comendo e mobilizando suas casas, mas os gastos foram relativamente fracos no início do novo ano. Os números são do Census.

As vendas no varejo subiram 0,3% no mês passado, com as vendas dos home centers avançando 2,1% para marcar o maior aumento desde o verão passado.

Bares e restaurantes também tiveram um forte aumento nas vendas, que subiram 1,2% pelo segundo mês consecutivo. As pessoas saem para comer mais quando estão confiantes na economia.

As empresas que vendem artigos para o lar também relataram um aumento de 0,6% nos recebimentos, pois continuaram se beneficiando do aumento nas vendas de imóveis. As vendas também subiram ligeiramente para revendedores de automóveis e varejistas da Internet.

No lado negativo da contabilidade, as vendas caíram em postos de gasolina. As vendas também recuaram em 3,1% em lojas de roupas – a maior queda desde 2009.

As vendas de dezembro e novembro foram revisadas para mostrar um aumento de 0,2% em cada mês, refletindo as condições comerciais um pouco mais fracas no final do ano.

Nos Estados Unidos, os preços de importação ficaram inalterados em janeiro, mostrou o Departamento de Estatísticas, depois da alta de 0,2% nos 2 meses anteriores. Em janeiro, a queda nos preços dos combustíveis compensou o aumento dos preços das importações não-combustíveis. Os preços das exportações dos Estados Unidos avançaram 0,7% em janeiro, depois de recuar 0,2% no mês anterior.

Nos Estados Unidos, o índice de opinião dos consumidores da Universidade de Michigan chegou a 100,9 em fevereiro.

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?