Usamos cookies para segurança, melhor experiência e personalização de conteúdo de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Clique em "Configurar cookies" para gerenciar suas preferências.

X

Para "Aceitar", selecione os itens e clique no botão abaixo:

Wall Street sustenta alta na sessão e recua forte na semana

Data de criação:

access_time 25/09/2020 - 19:11

Data de atualização:

access_time 25/09/2020 - 19:11
format_align_left 3 minutos de leitura

Quer saber como investir?

Abra AGORA sua conta no banco digital dos investidores

QUERO ABRIR MINHA CONTA

Os índices de Wall Street recuperaram a força nesta sexta-feira, depois de uma semana marcada pela volatilidade. O avanço da pandemia na Europa está no foco central, com o temor de mais efeitos sobre as economias da região. Já a Novavax anunciou os testes Fase 3 de sua vacina na Europa, já com expectativa também para os Estados Unidos.

Pesou nesta sessão o cenário político, com a proximidade do primeiro debate entre os candidatos, Donald Trump (Republicanos) e Joe Biden (Democratas), bem como para o acordo sobre o pacote emergencial.

Ao final, o Dow Jones ficou em alta de 1,34% aos 27.173 pontos. O S&P ficou em alta de 1,60% a 3.298 pontos. O Nasdaq ficou em alta de 2,26% aos 10.913 pontos. Na semana, o Dow Jones caiu 1,8%; o S&P 500 perdeu 0,6%; e o Nasdaq ganhou 1,1%.

Essa foi a quarta queda semanal consecutiva do S&P e Dow Jones , ou seja, as maiores derrotas desde agosto de 2019. O Nasdaq encerrou uma série de quedas de três semanas.

Os investidores estão apreensivos para uma decisão de Washington nas negociações sobre a ajuda emergencial. Os Democratas da Câmara preparavam o pacote de US $ 2,4 trilhões, que incluía uma série de itens com apoio bipartidário e pagamentos diretos às famílias. O Programa de Proteção ao Cheque de Pagamento seria um complemento federal aos benefícios estaduais de desemprego, bem como uma renovação de ajuda às companhias aéreas e dinheiro para estabelecimentos comerciais. Os Republicanos apontavam para US$500 bilhões.

Com isso, os analistas disseram que o caminho para um acordo continua incerto, enquanto o nervosismo aumenta com a perspectiva de uma eleição presidencial duvidosa e contestada em 03 de novembro.

Entre os papéis com maiores ganhos na bolsa de Nova York ficaram os da Novavax Inc, alta em mais de 10,85%, depois que a empresa anunciou um acordo para a fabricação da vacina COVID-19 com a Endo International. A companhia vai fornecer serviços para a fabricação de preenchimento das doses e acabamento na fábrica em Rochester, Michigan. Espera-se que a vacina NVX-CoV2373, Fase 3, seja usada nos Estados Unidos para o público em geral se receber aprovação ou autorização regulatória imediata.

O CEO da Novavax, Stanley Erck, disse no comunicado à imprensa que a empresa está se preparando para seu ensaio clínico nos Estados Unidos “para começar muito em breve”, isso depois da companhia ter anunciado que a vacina já entrou nos testes da Fase 3 no Reino Unido.

As ações das operadoras de cruzeiros subiram nesta sexta-feira, depois que os analistas do Barclays ficaram otimistas. As ações da Norwegian Cruise Line Holdings Ltd subiram 13,67% e as a Carnival Corp. ganharam 9,7%.

Entre as ações das gigantes de tecnologia com ganhos estavam as do Netflix, alta de 2,07%, Amazon.com em alta de 2,49%, as da Tesla em alta de 5,04%, as da Alphabet com ganhos de 1,14% e as da Apple com ganhos de 3,75%.

Nos Estados Unidos, os pedidos de bens duráveis aumentaram 0,4%, ou US $ 1 bilhão, para US$ 232,8 bilhões em agosto, depois do aumento de 11,7% em julho (revisado de 11,2%). Os dados são do Census Bureau.

*Por Ivonéte Dainese de relatórios oficiais e com agências

Pretende diversificar a
sua carteira
de investimentos?